Sábado, 04 de Abril de 2020
MOBILIZAÇÃO

Sábado marca dia D de vacinação contra o sarampo no Amazonas

O atendimentos são realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da rede municipal. O público-alvo são crianças e jovens de 5 a 19 anos que ainda não foram imunizados contra a doença



show_Vacina_Sarampo_FA7787FD-2C50-4AFA-9E74-084605335493.jpg Foto: Divulgação
15/02/2020 às 11:20

O Dia D de mobilização nacional contra o sarampo acontece neste sábado (15), em todo o estado, com atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da rede municipal. O público-alvo são crianças e jovens de 5 a 19 anos que ainda não foram imunizados contra a doença. Pais e responsáveis de crianças com esse perfil devem procurar o local de vacinação mais próximo de casa.

De acordo com Coordenação Estadual do Programa Nacional de Vacinação (PNI) todas as secretarias municipais de saúde estão abastecidas com as doses da vacina. A campanha de vacinação contra o sarampo acontece até o dia 13 de março, e o “Dia D” neste sábado é mais uma data para impulsionar a imunização.



“Estamos tentando resgatar, com essa campanha, exatamente aquelas pessoas que ainda não tomaram a primeira dose ou a segunda dose. Até porque essa faixa etária (5-19 anos) tem como calendário duas doses da vacina. Uma coisa que a gente não pode esquecer é que essa vacina está diariamente em todas as Unidades Básicas de Saúde e faz parte do calendário básico de vacinação para as nossas crianças”, ressaltou a coordenadora estadual do PNI, Izabel Nascimento.

Dados

O Amazonas está há um ano sem registrar casos de sarampo. Os últimos foram em janeiro do ano passado. Em todo o ano de 2019, foram quatro casos de sarampo, sendo três em Manaus e um em Coari. Em 2018, o estado registrou 9.809 casos confirmados em 50 cidades.

Ao contrário de outras regiões do país que estão passando por surto da doença, Izabel informa que o Amazonas conseguiu controlar o sarampo reforçando principalmente a imunização. Ela explica que, mesmo sem casos há mais de um ano, o cuidado com a vacinação precisa continuar.

“Em 2018 nós tivemos aquele surto de sarampo e fizemos um excelente trabalho, no qual imunizamos muita gente. E, no ano de 2019, continuamos fazendo esse trabalho. Mas a gente precisa continuar vacinando. Todas as nossas UBS do estado têm a vacina e estão preparadas para atender a população”, disse a coordenadora.

No segundo semestre, acontece a segunda etapa da campanha nacional da Tríplice Viral. De 3 a 31 de agosto, pessoas com idade entre 30 e 59 anos serão imunizadas contra a doença; e, no dia 22 de agosto, acontece o Dia D de mobilização nacional.

O que é sarampo?

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus. É altamente contagiosa. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Sintomas

Izabel Nascimento alerta para a semelhança dos sintomas do sarampo com os de doenças típicas desta época do ano e que apresentam manchas vermelhas no corpo, como a dengue. A coordenadora estadual de Imunização reforçou a necessidade de procurar a UBS mais próxima para obter o diagnóstico correto.

Os sintomas do sarampo são: febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido, mal-estar intenso. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, espalham-se pelo corpo.

Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.