Sábado, 24 de Agosto de 2019
Notícias

Sabatina: O povo pergunta para o candidato Eduardo Braga

Governador por dois mandatos, Eduardo Braga diz que quer voltar porque o Estado parou com ele no Senado



1.gif Candidato Eduardo Braga
01/10/2014 às 09:44

Assista ao vídeo aqui

HAMILTON LEÃO /PROSAMIM

“Uma vez eleito, o senhor vai continuar com o dano ambiental que o Prosamim está causando ao aterrar os igarapés?”

O Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus é um projeto premiado internacionalmente e que muito nos orgulha, pois realmente mudou a face da nossa capital. O que ainda falta no Prosamim é concluir uma segunda fase do programa, que é a construção de uma estação de tratamento de esgoto eficiente, que consiga levar os dejetos direto para os emissários que darão vazão aos resíduos sólidos. Isso não foi feito pelo atual governo, apesar de ter o projeto aprovado e o dinheiro em caixa, doação estrangeira de 5 milhões de dólares que teve de ser devolvida porque não foi utilizada. O Prosamim veio para mostrar que havia uma solução para esse problema. Eu lamento que, nos últimos quatro anos, o Prosamim tenha praticamente parado.


RALPH ASSAYAG /DESBUROCRATIZAÇÃO

“Queria saber se com o novo governo virá um projeto de desburocratização das empresas que dão emprego?”

Acredito que, atualmente, a burocracia é um dos grandes entraves da economia do nosso Estado. Os gargalos burocráticos dificultam a competitividade de nossos produtos e encarecem os serviços prestados no Amazonas. Precisamos nos unir, governo e empresas, numa jornada contra a burocracia nos órgãos estaduais. Nossa meta é levar a zero os excessos de burocracia, com uma Junta Comercial mais eficiente e mais célere em seus processos. Hoje em dia, é possível unificar sistemas de forma que o cidadão, o empresário, o empreendedor, possa resolver suas pendências burocráticas pelo computador, sem ter que sair de casa ou escritório. Isso é o que não vem acontecendo atualmente, essa comunicação mais imediata entre os órgãos do governo.


JUCELINO ARANHA /GARANTIA

“Que garantias terão os eleitores que votarão no senhor de que, depois de eleito, irá completar o mandato?”

Gostaria de explicar o porque de eu estar voltando para concorrer ao Governo do Estado. Primeiro porque acredito que político não manda no seu destino. Quem manda é o povo. Nesses quatro anos que estivemos no Senado, nosso nome sempre foi lembrado nas pesquisas. Talvez isso tenha acontecido porque o Amazonas parou. Falo isso porque, ao longo dos oito anos em que nós estivemos no governo, nós ousamos trabalhar em áreas que entrava governo e saía governo e não se trabalhava. Posso dar alguns exemplos: o Prosamim, do qual já falei. Poderia também citar um outro programa que reputo muito importante na área social, que é o Jovem Cidadão e se complementa às Escolas de Tempo Integral. Por essas e por outras questões que decidimos voltar.


HÉLIO GOMES /SAÚDE

Eduardo Braga, o que fazer para melhorar o atendimento nos postos de saúde, em especial aos idosos?”

Quando saímos do Governo do Estado deixamos um sistema eficiente de marcação de consultas e exames que hoje não funciona mais. Na nossa época, o cidadão marcava a sua consulta por telefone e sabia o local, a data e a hora que seria atendido, não precisava sofrer em filas para pegar senhas para ser atendido. Em quatro anos, o sistema que funcionava tão bem entrou em colapso. Hoje, o amazonense voltou a sofrer nas madrugadas em busca de atendimento médico. Isso é cruel, é desumano. Vamos reimplantar o sistema de marcação de consultas e fazer mutirões emergenciais na saúde para sanar as demandas reprimidas em todo o Estado. Vamos reativar o programa “Amigos da Saúde” para voltar a oferecer um atendimento mais humano nas unidades públicas de saúde.


TATIANA MARTINS /SEGURANÇA

“Eduardo Braga, o senhor diz que prioriza tanto a saúde, mas e as outras áreas? O que pretende fazer na área de segurança?”

A segurança pública é um assunto que temos que tratar com a máxima urgência, pois estamos vivendo uma onda de violência sem precedentes em todo o Estado. Vale lembrar os assaltos a agências bancárias na capital e no interior, fugas em massa de presídios, o avanço do narcotráfico e o fortalecimento do crime organizado. Tudo isso somado a decisões desastrosas do atual governo em nomear policiais ficha suja para o comando da Polícia Militar. Teremos que fazer um trabalho intenso de valorização dos bons policiais, voltando a pagar o 14º e o 15º salários por produtividade, investir em treinamento e reequipar a polícia, que hoje se encontra com seu aparelhamento sucateado. Vamos punir os maus policiais, pois entendemos que uma maçã podre contamina as demais dentro de um cesto.


Perfil do candidato

O senador Eduardo Braga tem 53 anos. É formado em Engenharia Elétrica, pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Braga foi vereador de Manaus (1981), deputado estadual constituinte (1986), deputado federal (1990), vice-prefeito de Manaus (1992), prefeito de Manaus (1994), governador do Estado (2002) reeleito em 2006. E eleito senador em 2010. Aliado histórico do atual governador do Estado (José Melo), Braga diz que quer voltar a ser governador “porque o Estado parou”. Na reta final da campanha, o senador vem atacando as políticas de Segurança Pública. Nos programas de TV da propaganda eleitoral, a campanha de Braga questiona a capacidade de governar de “quem sempre esteve no banco de reservas”.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.