Sábado, 24 de Agosto de 2019
ADOÇÃO

Saiba quais os cuidados básicos para ser um cuidador de animais domésticos responsável

Está pensando em adotar um pet? Médica veterinária Karin Botteon ensina como melhorar o bem-estar do animal



10-motivos-para-adotar-um-vira-lata-titulo.jpg Cuidados com a higine e a saúde do animal são indicativos de uma posse responsável, diz especialista (Foto: Divulgação)
11/03/2018 às 17:15

A adoção de animais domésticos felizmente vem crescendo no Brasil. Segundo dados do IBGE, até 2016 cerca de 100 milhões de pets, entre cães e gatos, habitam algum lar. Desse número, 41% foram integrados a novas famílias graças a adoção. O ato de adotar, embora bondoso, não é o suficiente. Na hora de pensar em levar um novo companheiro para casa é preciso ter em mente alguns cuidados básicos para uma posse responsável e que garanta o bem-estar do pet.

Segundo a médica veterinária e coordenadora técnica especialista de pets da Boehringer Ingelheim Saúde Animal, Karin Botteon, existem alguns pontos cruciais que devem ser seguidos à risca pelos cuidadores para assegurar uma posse responsável. O primeiro deles, claro, é deixar o animal sempre com a saúde em dia.

“Assim como os seres humanos, cães e gatos também precisam de acompanhamento médico pelo menos uma vez ao ano. O médico veterinário é o único profissional capaz de identificar possíveis alterações de saúde no pet e ainda orientar o tutor com relação à prevenção de diversas doenças”, explica a profissional. “Proteção contra pulgas e carrapatos também é extremamente importante, já que estes parasitas podem transmitir doenças aos cães e gatos e prevenir é a melhor estratégia”, completa.

Outro ponto a ser levado em consideração é a higiene dos pets. Cuidados com esse ponto podem evitar a proliferação de alguns parasitas como pulgas e carrapatos, comuns em animais como cães e gatos. A veterinária ainda alerta para os cuidados durante o banho e sinaliza que o excesso de banho pode até prejudicar o animal.

“Os banhos são uma realidade na rotina dos animais de companhia. No entanto deve-se levar em conta que a frequência muito alta de banhos pode trazer problemas ao pet. A escovação é sempre bem-vinda para cães e principalmente para gatos, pois ajuda a eliminar os pelos mortos. No caso dos gatos ela é ainda mais benéfica por evitar a formação das famosas ‘bolas de pelo’ que podem trazer riscos ao estômago”, diz Botteon.

A interação com o mascote é algo imprescindível para o bem-estar do animal. Seja qual for a espécie adotada, saiba que algumas horas do seu dia devem ser destinadas a brincadeiras e outras formas de gastar a energia do animal. Os passeios devem ser diários com duração de pelo menos 30 minutos. Além disso, demonstrar afeto é garantia de uma ótima qualidade de vida.

“Cães e gatos precisam de carinho. Existe o mito de que gatos são individualistas e não sentem falta de atenção, mas isso não procede. Gatos são animais muito carinhosos e também amam a companhia de seus tutores e precisam de interação tanto quanto os cães.  Brincar com seus animais, sair para passear e dedicar tempo para ficar ao lado deles é importante para que eles se sintam amados, acolhidos e felizes”, diz a veterinária.

Quer adotar?  Eles te ajudam

Organização Bicho Amado (OBA) –  Criada há 15 anos e oficializada há cinco, a ONG  Bicho Amado atua na divulgação de animais perdidos ou abandonados que buscam um novo lar em Manaus através da página “Adote 1 Amigo”.

Contato: Clique aqui

Sem Raça Definida Manaus –  A ONG é uma das mais tradicionais na capital amazonense e trabalha com o princípio da posse responsável, doando animais castrados, vacinados e vermifugados.

Contato: Clique aqui

Procure 1 Amigo –  Uma das plataformas de maior alcance do país, o projeto Procure 1 Amigo atua por meio de um site onde cataloga por cidade animais disponíveis para adoção.

Contato: Clique aqui

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.