Terça-feira, 25 de Junho de 2019
Notícias

Samsung apresenta novas soluções tecnológicas para atender o mercado corporativo

Os painéis com sistema de gerenciamento de cores avançado e atualização inteligente de software, estão entre as apostas para substituir a sinalização analógica e impressa na comunicação



1.jpg Entre a versatilidade de produtos, está a personalização de telas LFD para diferentes perfis de empresas
24/11/2013 às 14:07

O uso da tecnologia evolui muito mais rápido do que se pode imaginar. A Samsung a antecipou em 20 anos, para mostrar que até lá nada mais será como hoje se vê nas salas de aulas, cinemas, agências bancárias, hipermercados, lojas, rede hoteleira, entre outras áreas.

No meio da semana, A CRÍTICA foi conferir de perto as tendências e novos conceitos em tecnologia no “Enterprise Business Summit”, evento realizado pela multinacional sul-coreana Samsung no WTC Golden Hall, em São Paulo.

Um dos principais focos da empresa está no mercado de televisores LFD (Large Format Display). Os painéis com sistema de gerenciamento de cores avançado e atualização inteligente de software, estão entre as apostas da Samsung para substituir a sinalização analógica e impressa na comunicação.

“A propaganda se torna muito mais efetiva, pois ela é dinâmica. Uma grande rede de supermercado pode, por exemplo, realizar uma promoção no Brasil inteiro com apenas um comando”, afirmou Marcelo Zuccas, vice-presidente de Negócios Corporativos da Samsung para a América Latina.

Durante o Enterprise Business Summit também foi apresentado o Programa Global de Canais Corporativos (STEP), um segmento da companhia voltado especialmente para os canais de distribuição B2B (sigla para “Business to Business”, ou “Negócios para Negócios). Por meio da ferramenta, os clientes se cadastram e tem acesso a atendimento especializado, catálogo, treinamento, além e gestão de todo o ciclo de negócios, entre outros benefícios

Segmentos

Outra prioridade da empresa para os próximos cinco anos é o segmento chamado de B2B (Business to Business). S Samsung encara o mercado B2B como estratégico para manter o ritmo de crescimento da empresa. Segundo Zuccas, o objetivo é fazer com que a área de B2B represente 23% do faturamento da empresa até 2020. Em 2010, a participação das vendas corporativas correspondia a apenas 7% do faturamento anual da multinacional coreana.

Outro segmento que a Samsung espera crescer é o hoteleiro. A empresa desenvolve, em parceria com a startup carioca Zoox, um serviço para hotéis que já funciona em grandes redes como Fasano, Sheraton e Bourbon. O hóspede pode acessar a internet e assistir filmes, fazer o check-out e solicitar serviço de quarto com seu tablet ou smartphone, diretamente pela televisão dos quartos.

O hospede também poderá usar o celular como chave do quarto, por meio da tecnologia NFC (Near Field Communication), outra aposta da Samsung. “O NFC é outra área que não tem fim, pois ainda tem muitos campos a serem explorados. Esta é outra coisa que queremos colocar sob nosso guarda-chuva”, afirmou Zuccas.

Em Manaus, a Samsung busca de ampliar a capacidade produtiva do seu centro de pesquisa e desenvolvimento - o Sidia - a companhia está captando novos talentos para na área de engenharia e tecnologia. No ano passado, a multinacional coreana investiu R$ 280 milhões em tecnologia no Brasil, onde é líder no segmento de TVs e celulares. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.