Publicidade
Cotidiano
SAÚDE

Sarampo: tire suas dúvidas sobre sintomas, prevenção e vacina contra doença

O Portal A Crítica preparou para você uma lista de informações essenciais sobre a doença que já tem 61 casos notificados no Amazonas. Confira: 29/03/2018 às 07:49 - Atualizado em 29/03/2018 às 12:09
Show sarampo  1
Foto: Reprodução/Internet
acritica.com Manaus (AM)

“Como se pega o sarampo?”, “quem está grávida pode se vacinar contra a doença?”, “eu já tive sarampo. Preciso me vacinar?”. Calma! Nesta matéria, o Portal A Crítica responde as suas principais dúvidas sobre o sarampo, a doença que já teve quatro casos confirmados e mantém 53 pacientes em investigação, sob suspeita de ter contraído o vírus, em Manaus.

No total, até esta quarta-feira (28), de acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), em todo o Estado, já foram notificados 61 casos da doença. Deste total, 58 são de Manaus, um de São Gabriel da Cachoeira, um de Anori e um de Humaitá. Três casos notificados foram descartados, sendo um de Anori e dois da capital.

As informações abaixo são da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que investiga os casos sob suspeita em Manaus, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e do Ministério da Saúde. Se liga!

O que é sarampo?

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, transmissível, extremamente contagiosa e muito comum na infância.

Quais os sintomas?

Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular e corrimento do nariz. Após estes sintomas, geralmente há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. Além disso, pode causar infecção nos ouvidos, pneumonia, ataques (convulsões e olhar fixo), lesão cerebral e morte. O vírus pode atingir as vias respiratórias, causar diarréias e até infecções no encéfalo.

Como acontece a transmissão do sarampo?

A transmissão ocorre diretamente, de pessoa a pessoa, geralmente por tosse, espirros, fala ou respiração, por isso a facilidade de contágio da doença. Além de secreções respiratórias ou da boca, também é possível se contaminar através da dispersão de gotículas com partículas virais no ar, que podem perdurar por tempo relativamente longo no ambiente, especialmente em locais fechados como escolas e clínicas.

A doença é transmitida na fase em que a pessoa apresenta febre alta, mal-estar, coriza, irritação ocular, tosse e falta de apetite, que dura até quatro dias após o aparecimento das manchas vermelhas.

Quais as formas de prevenção ao sarampo?

A suscetibilidade ao vírus do sarampo é geral e a única forma de prevenção é a vacinação. Apenas os lactentes cujas mães já tiveram sarampo ou foram vacinadas possuem, temporariamente, anticorpos transmitidos pela placenta, que conferem imunidade geralmente ao longo do primeiro ano de vida.

Grávidas podem se vacinar?

Toda pessoa de 06 meses de idade a 49 anos, inclusive quem já teve sarampo, deve se vacinar contra a doença. Para gestantes e pessoas que estejam fazendo tratamento com medicamentos imunossupressores não é recomendada a vacinação.

Quem tem até 29 anos deve tomar duas doses da vacina. Já as pessoas entre 30 a 49 anos uma dose. Essa vacinação é válida por toda vida.

Onde posso me vacinar em Manaus?

Nas 183 salas de vacina disponíveis na rede pública, que você pode conferir os endereços nesta lista ou nesta ferramenta do Google; e nos 12 Centros de Atenção Integral à Criança (CAICs) – público de até 14 anos de idade.

Até o próximo sábado (31), com exceção do dia 30, no horário de 13h as 22h, o Manaus Plaza Shopping, na Zona Centro-Sul, terá um posto de vacinação para crianças de até 6 anos de idade. No mesmo período, crianças entre 5 e 6 anos podem se vacinar no Sumaúma Park Shopping, na Zona Leste

O documento necessário é apenas o cartão de vacina. Não é necessário nenhum documento de identificação. As crianças a partir de seis meses até os 5 anos são o foco da vacinação, porém, a vacina está disponível para quaisquer pessoas que busquem os postos de vacinação existentes nas UBSs.

E se eu apresentar os sintomas de sarampo?

A recomendação é que você procure uma unidade básica de saúde ou um serviço de pronto atendimento.

Ficou com alguma dúvida?

Nesta quinta-feira (29), às 16h, vai rolar uma live na fanpage do Portal A Crítica, no Facebook, com o infectologista da Fundação Medicina Tropical (FMT), Antônio Magela, falando sobre o sarampo. Se você ainda tem alguma dúvida sobre a doença, acompanhe a entrevista e participe enviando sua dúvida durante a transmissão.

Publicidade
Publicidade