Sábado, 04 de Dezembro de 2021
INVERNO AMAZÔNICO

Saúde das crianças: aproximação do período de chuvas no AM aumenta alerta de cuidados

Pais precisam ficar ainda mais alertas à saúde das crianças, visto que o período possui aumento significativo no número de casos de viroses e doenças respiratórias



show_181869652_10225984455622507_7168313184487241185_n_151ADF35-7247-45E9-908D-5878C62DA074__1__781689D5-43F9-49D3-9180-35D8880037F4.jpg Foto: Junio Matos
12/11/2021 às 14:40

Com a chegada do tempo chuvoso em nossa região, os pais precisam ficar ainda mais alertas à saúde das crianças, visto que neste período aumenta significativamente o número de casos de viroses e doenças respiratórias. 

Mesmo que o sistema de saúde já espere pelo aumento da demanda, não há como prevenir essas doenças, principalmente nos pequenos.



“Neste caso, deve-se buscar aumentar a imunidade das crianças com uma boa alimentação, ingestão de bastante água, sucos naturais e as vitaminas prescritas pelo pediatra”, afirmou a pediatra e neonatologista Adeliane Bianchine.

Segundo a especialista, pelo menos 90% dessas doenças são causadas por vírus e os sintomas variam em diarreia, vômito, sintomas de gripe, dentre outros.

“Também é de suma importância que o sistema vacinal da criança esteja completo. Uma das mais importantes nesse momento é a vacina contra a gripe”, afirmou.

Ainda de acordo com ela, alguns cuidados podem ser tomados para diminuir as chances de contágio.

“É um momento de redobrarmos os cuidados, sem esquecer que ainda temos a Covid-19 circulando. Crianças maiores de dois anos devem  usar máscaras e todos precisam reforçar a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel. Isso não elimina o risco de contaminação, mas ajuda bastante a evitar a proliferação de doenças”.

Quando levar ao pronto-socorro

Os atendimentos em unidades de urgência também aumentam bastante nessa época do ano, tornando o local um ponto de concentração e proliferação de vírus. Diante disso, os pais precisam analisar com cautela quando devem levar a criança para um atendimento de emergência. 

“Os sintomas que devem acender o sinal vermelho e fazer com que os pais busquem ajuda especializada são cansaço na respiração, febre e diarreia que não passam com o remédio e manchas avermelhadas pelo corpo. Caso não haja essas situações mais extremas, um atendimento ambulatorial é o mais recomendado”, explicou a especialista.

Especial para A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.