Sábado, 25 de Maio de 2019
Notícias

Se não conseguir guarda, Sabino diz que entregará criança haitiana ao Conselho Tutelar hoje (14)

Ex-deputado disputa guarda de menina de três anos de idade com o tio dela; caso foi parar na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) nesta terça-feira (13)



1.png
Lucius e Ana Cláudia compareceram à Depca nesta quinta-feira (14) em posse dos documentos de solicitação da guarda do sobrinho, que continua em posse de Sabino Castelo Branco
14/01/2016 às 18:58

CONFIRA AQUI A NOVA MATÉRIA SOBRE O CASO

O ex-deputado Sabino Castelo Branco pediu prazo até às 16h desta quinta-feira (14) para entregar a criança haitiana que está em sua posse. O político informou que deu entrada em um processo de adoção e que aguarda uma resposta nesta tarde para poder ficar com a guarda da menor. De acordo com Sabino, ele assinou um termo na polícia se compromentendo entregar a criança hoje se não conseguir a guarda provisória. Nesse caso, ele disse que vai entregá-la ao Conselho Tutelar.

Sabino contou que a criança está em uma chácara de sua propriedade. Ele revelou que a delegada Regiane Lacerda, substituta da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), esteve hoje em sua casa e na casa de seus filhos em busca da menina de três anos.

Para Sabino, a mulher que o denunciou na delegacia "deve ter feito a cabeça" do tio da criança, Lucius Popotter, que supostamente autorizado pelos pais havia concordado em entregar a menina para o ex-deputado criar. Ontem (13), a delegada Regiane Lacerda revelou para a reportagem que a denunciante, identificada como Ana Cláudia, chegou na unidade dizendo que a criança havia sido sequestrada. Entretanto, o próprio tio foi chamado e esclareceu a situação. Apesar disso, a delegada abriu um procedimento por subtração de incapaz.

"A criança tava abandonada. Esse rapaz [o tio da menina] é membro da nossa igreja, tava sem trabalhar. Toda vez chegava no culto com a criança. Uma vez minha esposa pediu para passar o fim de semana com ela. Depois conversei com ele sobre o pai e a mãe. Disse que o pai da criança tinha ido para São Paulo e mãe tinha voltado para o Haiti e deixou criança com ele", disse Sabino.

"Só que ele mora sozinho, não tava trabalhando e ficava na casa de um e outro. Coloquei para trabalhar na minha empresa, depois conversei com ele sobre a criança e se os pais tinham interesse em deixar eu entrar com processo de adoção. Ele disse que ia consultar e a mãe disse sim, mas tinha que falar com o pai, que tinha concordado", afirmou o ex-deputado.

"Perguntei onde tava a criança, disseram que tava no Jorge Teixeira, mandei motorista ir com ele buscar a criança. Meu motorista a trouxe, eu pedi o documento dela e no dia seguinte ele [o tio] levou", disse.

"Domingo (10), fui para a igreja e, quando tô entrando no culto, apareceu essa mulher e pegou ela [a criança] do colo da minha mulher. Saí do carro, pedi a criança e a mulher disse que não ia devolver. A mulher disse que tomava conta da menina. Eu perguntei se ela tinha a guarda da criança. Daí, tirei a criança dos braços dela. Entrei na igreja e fiquei lá um pouco. Mas, depois, sem cabeça, saí da igreja", disse.

"No outro dia, ela deve ter feito a cabeça dele [o tio] e foram na delegacia dizer que fiquei um dia com ela e depois não devolvi. Fui na delegacia, ontem (13) e falei para a delegada que ele não tem guarda e que a criança estava jogada no Jorge Teixeira", completou.

"Essa criança tem três anos. Essa criança é como minha filha, estou querendo adotar. O meu advogado esta cuidando do processo de adoção. Se eu não conseguir, não tem problema, entrego a criança. Ma,s ele não pode ficar com ela, porque não tem condições", finalizou.

Outra versão

Para a TV A Crítica e para a polícia, Ana Cláudia contou outra versão sobre o caso. Ela disse que deixou a criança passar o fim de semana na casa de Sabino e que quando a foi buscar ele não quis entregar. Ela afirmou também que reconhece que o político tem melhores condições de cuidar da menina, mas que o tio não abre mão da guarda. Na semana passada, Lucius, entrou na Justiça para ficar com a menina.

*Com informações do jornalista Lúcio Pinheiro


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.