Domingo, 15 de Setembro de 2019
DURANTE TRIAGEM

Secretaria de Segurança investiga vazamento de foto de José Melo na cadeia

Foto circulou no dia 21 e ex-governador aparece sem camisa, descalço e usando apenas uma calça azul. Secretário Bosco Saraiva afirmou que Seap vai apresentar resposta sobre o caso



melo.jpg Foto: Jair Araújo
30/12/2017 às 10:08

O secretário de Segurança Pública do Amazonas e vice-governador, Bosco Saraiva (SD), instaurou um procedimento de investigação para apurar o vazamento de uma foto do ex-governador José Melo, preso no dia 21 durante a operação "Estado de Emergência", no momento em que passava pela triagem no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 2).

"Recebi uma notificação (da Justiça Federal) por este fato, entretanto o caso é afeto à Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária), secretaria que é responsável pela guarda e condução de custodiados. Há um procedimento administrativo em andamento para sabermos quem, da Umanizzare, vazou a foto", afirmou Bosco. A Umanizzare é a empresa responsável pela administração das unidades prisionais do estado do Amazonas.

A foto circulou na internet na noite do dia 21 quando o ex-governador foi preso. Na ocasião, o governo não confirmou a autenticidade da foto. Mas neste sábado (30), questionado pela reportagem, Bosco Saraiva confirmou a veracidade, e que por determinação do juiz federal Ricardo Augusto de Sales está investigando o caso. Na foto, Melo aparece sem camisa, descalço e trajando somente uma calça jeans de cor azul.

Na quarta-feira (27), o juiz federal expediu mandado de intimação para o secretário Bosco Saraiva e para o secretário da Seap, Cleitman Coelho, para que explicassem os fatos ocorridos “no que tange à necessidade de instauração de inquérito policial para apurar eventual abuso de autoridade, bem como procedimento para apuração de eventual falta disciplinar”.

“O custodiado foi fotografado quando de sua chegada ao Centro de Recebimento de Triagem (CRT), sendo que sua imagem sem camisa e trajando apenas calças jeans, colhida naquela oportunidade, foi divulgada em redes sociais, submetendo o custodiado -  cuja integridade física e moral deve ser garantida pelo Estado – à exposição vexativa e constrangedora, o que está a exigir a necessária apuração por parte da autoridade administrativa responsável”, cita o juiz em trecho de sua decisão, durante a audiência de custódia.

Bosco Saraiva afirmou à reportagem que o titular da Seap, Cleitman Coelho, irá apresentar resposta sobre o caso na terça-feira (2) para a Justiça Federal.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.