Publicidade
Cotidiano
Notícias

Secretário municipal do Trabalho, David Reis é expulso do PSDC

Decisão tomada em fevereiro de 2014 foi oficializada nesta sexta feira. Presidente do partido afirma que Reis deve R$ 25 mil à sigla e que não vai requerer o mandato dele na Câmara Muncipal de Manaus 20/03/2015 às 18:18
Show 1
David Reis é vereador licenciado
Luciano Falbo Manaus (AM)

O secretário municipal de Trabalho e Emprego, David Reis, foi expulso do PSDC. A decisão foi tomada em fevereiro de 2014, mas só foi oficializada nesta sexta-feira (20). Segundo o presidente estadual da sigla, Cícero Lima, David Reis não estava comprometido com a legenda e nem participava das reuniões partidárias.

"A decisão foi tomada em assembleia no ano passado, mas eu, como presidente, segurei para ver se conseguiríamos um acordo. Queríamos conversar e tentamos, para ver se ele se ajustava às nossas diretrizes. Mas, não foi o que aconteceu. O David não participava das nossas reuniões, nem mesmo quando o presidente nacional do PSDC veio em Manaus, José Maria Eymael, ele apareceu", disse Cícero Lima.

O presidente disse que David Reis está devendo cerca de R$ 25 mil. "São contribuições que estão no nosso estatuto, que todo parlamentar com mandato tem que pagar e que ele não vinha pagando", afirmou. Lima afirmou que a decisão da executiva estadual segue o mesmo entendimento da nacional.

Cícero Lima também disse que o partido não vai requerer o mandato de David Reis. "Ele é filiado desde 2010. Já foi até vice-presidente muncipal e nunca agiu como um verdadeiro representante da silga. Nós, como democratas cristãos, não vamos prejudicar ninguém. Não vamos requerer o mandato dele na Câmara Municipal", completou.

Procurado pela reportagem, o secretário David Reis disse que não sabia da decisão e que só vai se manifestar quando for notificado oficialmente.

Conflitos

As divergências entre Reis e o PSDC iniciaram em outubro de 2013, quando ele foi escolhido pelo prefeito Artur Neto (PSDB) como secretário extraordinário para gerir o Fundo de Amparo à Pequena e Micro Empresa (Fumipeq). À época, o presidente ameaçou a expulsão de Reis e afirmou que a indicação não havia sido discutida com o partido. Depois disso, silenciou. 

Com a exoneração de Guto Rodrigues, após embate entre PPS e PSDB, em julho de 2014, David Reis assumiu a Semtrad. David Reis é cotado para ser o gestor de uma super secretaria, que vai reunir a Semtrad, o Fumipeq e a pasta de Produção e Abastecimento (Sempab), na reforma administrativa da prefeitura.

Na Câmara Municipal, com o afastamento dele para assumir o cargo no Executivo, assumiu outro filiado da silga, Luis Neto.

Publicidade
Publicidade