Publicidade
Cotidiano
Notícias

Seduc organiza simulado para mais de 500 mil estudantes

Simulados têm auxiliado os estudantes no processo de aprendizagem e na preparação para avaliações nacionais como Saeb e Prova Brasil. 15/08/2013 às 18:40
Show 1
Mais de 500 mil estudantes das redes municipais e estadual participarão dos simulados
ACRITICA.COM* ---

Com o objetivo de auxiliar os estudantes em seu processo de aprendizagem e prepará-los para o bom desempenho em avaliações de caráter nacional e estaduais, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) tem aplicado simulados nas escolas da rede. Já realizado no primeiro semestre de 2012, um novo simulado está programado para o mês de setembro e atenderá a mais de meio milhão de estudantes, incluindo os das redes municipais.

Conforme registro oficial da Secretaria, no primeiro semestre deste ano 520,8 mil estudantes, inclusive das redes municipais tiveram acesso aos simulados. Participaram destas avaliações, alunos do 4º, 5º, 8º e 9º ano do ensino fundamental.

Até o ano passado, segundo um dos coordenadores da ação, professor Eriberto Façanha, o trabalho era realizado apenas nas escolas da rede estadual. Esse ano, por meio de parceiras com as prefeituras, a Seduc estendeu o projeto para as redes municipais. A previsão é que 417,6 mil estudantes das secretarias municipais de ensino tenham acesso aos simulados aplicados pela Seduc.

“Uma das novidades esse ano é que o secretário de Educação (Rossieli Soares da Silva) determinou que os simulados preparados pela Seduc também fossem oferecidos para as escolas das redes municipais, tanto da capital quanto do interior. Assim, os alunos do ensino fundamental de todo o Estado, e não somente os da rede estadual, vão chegar para fazer as avaliações com a experiência de terem participado dos simulados”, explica Eriberto. Segundo ele, são as próprias escolas que aplicam e corrigem as provas dos simulados.

Os simulados aplicados pela Seduc servem de preparação para os alunos que participarão da Prova Brasil e das avaliações do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), ambas aplicadas pelo Governo Federal para avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos. Os simulados também preparam para as provas do Sistema de Avaliação do Desempenho Educacional do Amazonas (Sadeam), realizado pelo Estado para subsidiar o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado do Amazonas (Ideam).

Resultados práticos

Preocupada em manter o nível do desempenho de seus alunos na Prova Brasil, a escola estadual Raio de Sol, localizada no conjunto Nova Cidade, Zona Norte de Manaus, realiza por iniciativa própria desde 2012 simulados direcionados a estudantes do 5º ano do ensino fundamental baseado nas matrizes das avaliações do Governo Federal.

Na escola, o simulado deste ano já foi aplicado e, segundo a gestora da unidade de ensino, Terezinha Macedo, a partir dos resultados obtidos, os professores iniciaram um trabalho de reforço em Língua Portuguesa e Matemática com os alunos que apresentaram dificuldade. O desempenho geral dos estudantes também fez a escola acreditar que pode melhorar a nota da Prova Brasil. “É claro que temos crianças com dificuldades, mas somos ousados”, afirmou a gestora.

Em menos de quatro anos, a escola Raio de Sol, que atende regularmente a 600 alunos, já conquistou o prêmio Escola de Valor por duas vezes. No mais recente, em 2012, a escola foi premiada por ter aumentado a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado do Amazonas (Ideam) de 3,8 para 4,7. Na Prova Brasil, a nota da escola saltou de 3,8 para 4,1.

Terezinha Macedo explica que enquanto os alunos recebem aulas de reforço em Língua Portuguesa e Matemática, a escola também trabalha paralelamente a formação dos professores. “Realizamos um workshop, em abril, para que os professores pudessem saber identificar os descritores cobrados nas avaliações nacionais, e assim trabalhá-los melhor com os alunos”, disse a gestora. Em 2012, 89,5% dos estudantes da Raio de Sol foram aprovados para a série seguinte.

*Com informações da assessoria de imprensa da Seduc

Publicidade
Publicidade