Sábado, 29 de Fevereiro de 2020
ARTICULAÇÕES

Partidos políticos correm para definir candidatos ao Governo do AM

Nesta semana, as legendas devem se reunir para deliberar as alianças, além dos seus representantes



jos_ricardoeluizcastro.jpg No fim de semana, PT e Rede Sustentabilidade lançaram os nomes de José Ricardo (PT) e Luiz Castro (REDE), respectivamente como pré-candidatos para concorrer o pleito
08/05/2017 às 05:00

Os partidos políticos já começaram a corrida para definir os nomes de quem deve disputar a eleição que irá decidir quem vai comandar o governo do Amazonas no mandato “tampão”. A corrida também é para as articulações para agrupamento de forças. Nesta semana, as legendas devem se reunir para deliberar as alianças, além dos seus representantes. Analistas avaliam que quase todos os nomes devem estar definidos até o final desta semana.

No fim de semana, PT e Rede Sustentabilidade lançaram os nomes de José Ricardo (PT) e Luiz Castro (REDE), respectivamente como pré-candidatos para concorrer o pleito. Os nomes ainda terão que ser confirmados nas convenções partidários que ocorrerão em prazo a ser definido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). 



O nome de José Ricardo foi decidido durante encontro do PT, que aconteceu ontem, na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM). O deputado destacou que agora começará a construir um novo plano de governo para que possa ser debatido com a sociedade.

“Já que estarei realizando atividades para a candidatura deste ano e também no próximo ano.  A minha indicação foi unanimidade dentro do PT”, ressaltou.

Hoje, Luiz Castro participa de uma reunião com Marina Silva  (Rede) e outros dirigentes do partido para discutir estratégias para o pleito. 

Enquanto isso, no Estado, representantes locais estarão dialogando com outros partidos. “É um processo eleitoral. Aguardando também a definição. São conversar preliminares, porque dependemos de um calendário do TRE-AM”, ressaltou.

O PCdoB se reunirá hoje, a partir das 18h, em seu Comitê Estadual, localizado na Avenida Luiz Antony, Centro, para definir se lançará candidatura própria ou participará de uma composição. Outra reunião está marcada para o dia 13. 

O presidente estadual da sigla, Eron Bezerra, colocou o seu nome à disposição para concorrer à eleição. “Meu nome é sempre uma possibilidade. A Vanessa (Grazziotin) já adiantou que não tem interesse, está focada na reeleição para o Senado”, disse. 

O Partido da República (PR) convocou os membros para um encontro estadual do partido, no dia 13. O nome de Marcelo Ramos (PR) é cotado para participar do pleito. 

Nesta semana, o PSB de Serafim Correa também deve discutir quem será o seu representante.

Semana será de definições

Lideranças de partidos como PMDB, PSDB ainda estudam possível aliança visando a construção de uma candidatura. Por enquanto, o senador Eduardo Braga (PMDB) já manifestou interesse em concorrer, mas a candidatura de Marcos Rotta também é uma possibilidade. Tudo vai depender das conversas com o prefeito Artur Neto. A reportagem tentou contato com Braga, Artur e Rotta mas não houve retorno. 

Também há muita espectativa pela decisão do PSD de Omar Aziz. Entre os cotados está o deputado estadual Josué Neto, ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM). O candidato do partido terá apoio do correligionário David Almeida, que vai assumir o governo interino do Estado até a definição das eleições. Também é esperada para essa semana a decisão do PDT, que tem em Amazonino Mendes um dos nomes de maior peso.

Para o cientista político, Carlos Santiago, com um tempo reduzido de campanha, sem financiamento empresarial e em um estado com território tão grande, as lideranças precisam se articular o mais rápido possível para construir vantagem sobre os adversários.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.