Publicidade
Cotidiano
Notícias

Segundo Empresa de Pesquisa Energética, consumo de energia elétrica fica estável em abril

Houve aumento do consumo em todas as regiões, com exceção do Sudeste, que concentra 50,7% do consumo nacional e onde a demanda caiu 1%, em relação a abril de 2014 01/06/2015 às 17:29
Show 1
No ano, o consumo total acumula queda de 0,4%, e em 12 meses, aumento de 0,4%
Flávia Villela - Agência Brasil Rio de Janeiro

O consumo de energia elétrica no país, em abril, teve alta de 0,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior, ao atingir 39.560 Gigawatts-hora (Gwh), segundo a Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, divulgada hoje (1º) pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Segundo o relatório, o leve aumento indica estabilidade na dinâmica do consumo. A queda de consumo do setor industrial, de 3,8%, foi a principal causa do desaquecimento da demanda do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Já a demanda do setor comercial foi a que mais cresceu no quarto mês do ano, registrando alta de 4,6%, enquanto o consumo residencial aumentou 1,8%.

A resenha salienta que não são visíveis eventuais efeitos do aumento de tarifas, embora as taxas de crescimento do consumo de baixa tensão já se mostrem menores. “Assim, o quadro econômico recessivo é o principal fator a inibir o aumento do consumo de energia”, informa o estudo.

No ano, o consumo total acumula queda de 0,4%, e em 12 meses, aumento de 0,4%. Houve aumento do consumo em todas as regiões, com exceção do Sudeste, que concentra 50,7% do consumo nacional e onde a demanda caiu 1%, em relação a abril de 2014.


Publicidade
Publicidade