Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021
Dados Alarmantes

Segundo OMS, Brasil é o país com maior número de pessoas ansiosas no mundo

Problemas socioeconômicos, pressão, estresse, medo e a crise financeira são apenas alguns dos fatores que impulsionam o surgimento da doença



ansiedade-1000x574_579569FF-6282-41C5-9D8A-350B9A587381.jpg Foto: Reprodução
07/11/2021 às 15:14

O Brasil é o país mais ansioso do mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Tendo como pano de fundo a pandemia de Covid-19, a ansiedade já atinge o número recorde de 18,6 milhões de brasileiros e não para de crescer.

“Problemas socioeconômicos, pressão, estresse, medo e a crise financeira nacional são apenas alguns dos fatores que impulsionam o surgimento desse dado alarmante”, aponta a Dra. Marihá Lopes, psicóloga clínica especialista em terapia cognitivo-comportamental, EMDR, psicologia social e pioneira no uso da realidade virtual no tratamento de ansiedade e fobias no Brasil.

Mas, afinal, como lidar com a ansiedade? A psicóloga dá algumas dicas para superá-la.

1- Respire profundamente: “A respiração profunda é um exercício importante, além de promover uma pausa, importante e significativa na rotina agitada. A respiração promove o relaxamento mental e físico ideal para momentos de estresse ou de uma crise, por exemplo”.

2- Cuide da sua saúde mental: “Procure se afastar de atividades, sensações e até pessoas que não lhe façam bem mentalmente. A saúde mental é tão importante quanto a saúde física, pois a partir dela é possível gerar mais qualidade de vida e bem-estar”.

3- Procure ajuda de um profissional: “O psicólogo é o profissional capacitado e condicionado para lhe ajudar nessa jornada desafiadora que é enfrentar e lidar com a ansiedade”.



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.