Publicidade
Cotidiano
Notícias

Seinfra emite Ordem de Serviço para recuperar o sistema viário do Distrito Industrial

O convênio assinado entre a Seinfra e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) prevê ainda a expansão do Distrito Industrial “Marechal Castelo Branco” 25/06/2013 às 16:52
Show 1
Buracos são um problema para os motoristas
acritica.com Manaus (AM)

O Governo do Amazonas homologou nesta terça-feira (25), por intermédio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), o processo licitatório referente à recuperação das ruas do Distrito Industrial de Manaus (PIM). A empresa vencedora do certame foi a Construtora Soma Ltda., que assume a responsabilidade de promover a recuperação de 33 ruas – perfazendo um total de 58 km de intervenção, sendo a Avenida Buriti a principal delas.

O convênio assinado entre a Seinfra e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) prevê ainda a expansão do Distrito Industrial “Marechal Castelo Branco”. Além da recuperação do viário existente, outras três ruas (Tento, Aninga e Miri Miri) serão implantadas, totalizando 9,2 km de extensão, acompanhando o processo de expansão do Distrito Industrial. O investimento é da ordem de R$ 87,4 milhões.

A assinatura do contrato representa o início da solução de um problema de logística que era um verdadeiro gargalo para as fábricas instaladas no Distrito Industrial de Manaus (PIM). Para a titular da Seinfra, Waldívia Alencar, “a recuperação e expansão do sistema viário do Distrito Industrial facilitará o escoamento da produção em direção ao aeroporto, além de reduzir a circulação de veículos pesados no centro de Manaus”. Ela destacou que a revitalização das ruas do PIM permitirá maior fluidez ao tráfego tanto de carros de passeio quanto de carga, como carretas e caminhões, que poderão trafegar com rapidez e total segurança.

Waldívia Alencar ressaltou que a obra, realizada por intermédio de parceria com a Suframa, faz parte de um planejamento macro idealizado pelo governador Omar Aziz, em termos de logística e mobilidade urbana, que prevê diversas intervenções, entre elas a construção dos anéis viários Leste e Sul e a continuação da Avenida das Flores, que estão em estudo ou licitação e que oferecerão maior fluidez ao trânsito de Manaus.

*Com informações da Agecom

Publicidade
Publicidade