Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
1.gif
publicidade
publicidade

Notícias

Selo de identificação garante qualidade de ovos do Amazonas

A Associação Amazonense de Avicultura (AAMA) lançou selo para ovos produzidos no Estado que possibilita ao consumidor saber a origem do produto


08/04/2015 às 10:26

A Associação Amazonense de Avicultura (AAMA) lançou nesta terça-feira (7) o Selo Oficial de Identificação dos ovos produzidos no Amazonas. Um dos objetivos é garantir ao consumidor um produto com controle de qualidade e também de saúde pública, conforme ressaltou o presidente da associação Milton Sakamoto.

Para a nutricionista Leonarda Mendonça, o selo surge como um importante aliado no combate aos produtos de baixa qualidade que são um dos transmissores da bactéria salmonella para os seres humanos. “As pessoas não sabem a procedência do alimento muitas vezes. O selo ajuda a garantir que o alimento que está chegando ao mercado é fiscalizado e livre de bactérias que possam trazer problemas de saúde”, ressaltou.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Estado do Amazonas é o primeiro da Região Norte do Brasil em Avicultura de Postura. Sua produção gera 5 mil empregos diretos e 10 mil indiretos. O setor faturou no ano passado R$ 220 milhões e produz, diariamente, 2,2 milhões de ovos. Para este ano a projeção da diretoria da AAMA é que o faturamento seja de R$ 250 a 300 milhões. Atualmente, cerca de 80 granjas abastecem o mercado local.

Como presidente da associação e proprietário de granja em Manaus, Sakamoto ressalta que o selo vai fortalecer a avicultura local. “O consumidor vai poder identificar porque todas as granjas vão colocar o selo. O ovo é um alimento que precisa ser consumido fresco por conta de suas características químicas, sem o selo o comprador não identifica se é fresco e acaba comprando alimentos ultrapassados”, contou.

A identificação é verde com os dizeres ‘Ovo AM’. “Vamos conseguir mostrar a diferença na qualidade e mostrar às famílias que consomem que somos melhores justamente por essa diferença”, lembrou.

O titular da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), Sidney Leite, ressaltou a união de esforços entre setor privado e poder público que tornou a cadeia da avicultura uma das mais organizadas do Amazonas. "Nosso objetivo é fazer da psicultura, do cultivo da mandioca e da banana, exemplos de como funciona a avicultura no Estado, que garante o consumo interno, com preços acessíveis e com garantia de renda para os produtores".

Segundo Sakamoto, o selo já está em embalagens no mercado a partir desta quarta-feira (8).

publicidade
publicidade
Professora da rede pública do AM é selecionada para intercâmbio no Canadá
Greve dos professores será marcada por protestos em Manaus nesta segunda (22)
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.