Publicidade
Cotidiano
Notícias

Sem Carnaval, março de 2015 teve redução de 10,4% no índice de homicídios na capital

Foram registrados 69 casos de homicídios em março de 2015 contra 77 no mês mesmo mês ano passado. É o menor índice do ano de assassinatos registrados pela SSP-AM 01/04/2015 às 16:08
Show 1
A cúpula da Segurança esteve reunida em coletiva nesta manhã
acritica.com* Manaus (AM)

Balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) nesta quarta-feira (1º) aponta redução de 10,4% dos homicídios no mês de março deste ano, comparado ao mesmo período de 2014 na capital. Este ano, o Carnaval aconteceu no mês de fevereiro. No ano passado, a data da festa popular foi 4 de março.

No total, foram registrados 69 casos de homicídios em março de 2015 contra 77 no mês de março do ano passado. É o menor índice do ano de assassinatos registrados pela SSP-AM, que também divulgou os resultados da segunda edição da ‘Operação Espectro de Segurança’, ação integrada, que visa aumentar a presença das polícias e a sensação de segurança nos bairros Monte das Oliveiras e Colônia Terra Nova, zona Norte. 

“O índice de homicídios na capital ainda é alto e por isso estamos com diversas frentes de ação contra esse tipo de crime. Acreditamos que o trabalho integrado das polícias Civil e Militar, cada um na sua área de atuação, tem sido fundamental para a redução desses índices”, informou o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes. 

Sérgio Fontes também reafirmou o compromisso do governo do Estado em reforçar o policiamento ostensivo com novas viaturas do Ronda no Bairro, o que irá aumentar a presença da Polícia Militar do Amazonas (PM).

A previsão é colocar nas ruas cerca de 700 viaturas até o final do primeiro semestre deste ano, em Manaus e municípios da Região Metropolitana. “Estamos mudando o tipo de viaturas que irão atuar no policiamento ostensivo, colocando os veículos tipo Renault Duster, que são menores e mais baratos para o sistema, e darão mais visibilidade porque teremos mais veículos nas ruas”, disse.

O delegado-geral da Polícia Civil, Orlando Amaral, destacou o aumento da produtividade da Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que tem conseguido em até 85% indicar a autoria dos crimes. “De janeiro a março, mais de 50 pessoas foram presas por envolvimento em crimes de homicídio, vemos o grande empenho dos nossos policiais para dar solução nos crimes”, disse. 

O subcomandante da Polícia Militar, coronel Antônio Escóssio, informou a que o policiamento ostensivo têm conseguido evitar crimes como roubos e furtos. "Mesmo com a quantidade de viaturas reduzidas, estamos mantendo o policiamento e com grande esforço dos nossos policiais melhorando a segurança", disse o coronel. Ele anunciou ainda a operação Vitória Régia que está sendo realizada pela Polícia Militar, neste feriado, como forma de reforçar o policiamento durante o feriado. 

OPERAÇÃO ESPECTRO

Durante três dias de operação, de sexta-feira (27) a madrugada de segunda-feira (29), a redução de crimes contra o patrimônio (roubo e furto) na área atendida, chegou a 94%, e de homicídios 200%. “Conforme levantamento de estatística feito para a operação, nos últimos 15 meses, a média de homicídios na área, chegava a dois homicídios por final de semana. No período a operação, nenhum foi registrado, o que mostra a eficiência da nossa ação integrada”, destacou o secretário Sérgio Fontes.

Foram realizadas quatro barreiras fixas para vistoria de carros, motocicletas e pessoas. No total, as Polícias Civil e Militar abordaram  5.073 pessoas, 2.125 carros e 1.910 motocicletas.  Foram ainda registradas 118 multas e 75 autuações por descumprimento das leis de trânsito.

*Com informações da assessoria

Publicidade
Publicidade