Publicidade
Cotidiano
Notícias

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Amazonas mobilizou mais de 15 mil pessoas

A maior parte dos projetos apresentados foram desenvolvidos por alunos da rede pública de ensino municipal e estadual, além das instituições de nível superior 26/11/2015 às 08:14
Show 1
A primeira competição de robótica do Amazonas foi uma das principais atrações durante a 12ª SNCT. Alunos de várias instituições competiram nos níveis médio técnico e superior durante o evento
kelly melo ---

Após três dias de exposições e popularização da ciência, a 12ª Semana Nacional de Ciência Tecnologia (SNCT) no Amazonas chegou ao fim, ontem, no Centro de Convenções Vasco Vasques, na Zona Centro-Sul. Mais de 15 mil pessoas passaram pelo complexo que congregou mais de 140 projetos voltados para o ensino da ciência e inovação, no estado. A maior parte deles foram projetos desenvolvidos por alunos da rede pública de ensino municipal e estadual, além das instituições de nível superior.

Este ano, o tema central da 12ª SNCT foi “Luz, Ciência e Vida”, em que os alunos puderam apresentar suas ideias de novas tecnologias e inovações, desde a preocupação com o meio ambiente até a aplicação da matemática no dia a dia e desenvolvimento de mecanismos para auxiliar pessoas com deficiência visual a se locomover.

Para a estudante do 2º da escola estadual Liberalina Weil, Simone Thalia Souza, 19, participar da semana de Ciência e Tecnologia foi uma oportunidade para conhecer os trabalhos de outras colegas e compartilhar as experiência que ela adquiriu na escola. “Eu sei que só, a gente não vai mudar o mundo, mas se nos unirmos com o mesmo pensamento, podemos chegar mais longe. Participar desse evento foi importante porque pudemos apresentar a nossa pesquisa e aprender com os outros alunos”, afirmou ela.

Os projetos relacionados à robótica foram os que mais chamaram a atenção do público. A curiosidade ficou ainda mais aguçada quando os estudantes “entraram em campo” para batalhar, já que durante a Semana deste ano foi realizada a primeira Competição de Robótica do Estado. “Nós queremos fazer com que o Amazonas entra no circuito nacional de robótica para que esses alunos possam demonstrar suas habilidades e desenvolver seus robores”, explicou o coordenador da competição, Daniel Câmara.

De acordo com ele, alunos da Sesi, Fucapi, Uninorte, Ifam, UEA e Ufam participaram do torneio, que foi dividido em dois níveis: Ensino Médio e Técnico e Ensino Superior.

Estudante do Ifam, Hugo Diniz, 17, afirmou que ficou empolgado com a disputa. “Eu gosto de participar porque é uma forma de interagir e aprender mais. Ano passado, a nossa equipe participou das Olimpíadas de Robótica e ficamos em 14º lugar. Fomos os mais bem posicionados do ranking nacional, entre os estados da região Norte”, destacou ele.

No circuito montado no salão principal do Vasco Vasques, cada robô enfrentou obstáculos em uma plataforma. Cada obstáculo vencido pela máquina, a equipe marcava uma pontuação.

Blog: Estevão Monteiro de Paula, Sec. Exec. Seplancti

“Este ano tentamos mostrar para a sociedade amazonense principalmente a importância da robótica no nosso cotidiano. Para se ter uma ideia, dos 140 projetos expostos, 2/3 deles estavam relacionados à questões de montagem de robôs, mecânica, automação e controle. Isso é fantástico e significa que a nossa juventude está atenta ao que está acontecendo no cenário atual e são extremamente coeficientes no que estão produzindo. E isso também demonstra que estamos caminhando para um futuro brilhante em termos de desenvolvimento de hardware e software e que estamos bem próximos das áreas mais desenvolvidas. Podemos pensar que futuramente essas contribuições poderão ser aplicadas de forma prática em diversas áreas do conhecimento por esses mesmos estudantes”.

Mobilização de parceiros

O secretário executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação, da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI), Estevão Monteiro de Paula, destacou o envolvimento dos estudantes e afirmou que o evento xam todos mais motivados.

O evento contou com a parceria da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas, Universidade do Estado do Amazonas, secretarias de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) e de Estado da Cultura. Também participaram o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas, Instituto Federal do Amazonas Sebrae e Secretaria Municipal de Educação (Semed), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), dentre outras.


Publicidade
Publicidade