Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019
Notícias

Semulsp alerta para golpes aplicados no final do ano

 Somente a presença do carro-coletor garante que as doações não irão parar nas mãos de golpistas.



1.gif A taxa de geração de lixo domiciliar deste ano, estimada em 0,838kg por habitante, registrou uma leve queda de 3,4% em relação ao ano de 2012 (0,868 kg por habitante)
20/12/2012 às 08:42

A Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) alerta para a ocorrência de golpe contra a população, utilizando o nome dos agentes de limpeza que trabalham nos carros coletores. Estão chegando denúncias ao disque-denúncia e à página do Facebook da Semulsp, de que pessoas estão pedindo dinheiro nas casas, em nome de uma ‘caixinha’ para o final de ano dos trabalhadores da coleta domiciliar.

A Semulsp aponta que, tradicionalmente, os coletores de lixo entregam nas casas um cartão solicitando doações para suas festas, mas ninguém é obrigado a colaborar. Essa doação é voluntária.



De acordo com as denúncias feitas à Semulsp, pessoas não identificadas chegam às casas dos moradores, sem fardas, dizendo estar coletando doações em dinheiro, presentes, brindes em nome dos auxiliares de limpeza. Porém, não é verdade.

A Semulsp orienta que os moradores observem primeiramente se o carro-coletor da empresa está junto com os solicitantes. Somente a presença do carro-coletor garante que as doações não irão parar nas mãos de golpistas. Também deve ser observado se os trabalhadores estão fardados com o uniforme da empresa coletora (vermelho para a Enterpa e azul para a Tumpex), de maneira que sejam identificados.Se houver dúvidas, melhor não fazer a doação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.