Domingo, 21 de Abril de 2019
publicidade
show_show_1247022_7A4337BA-9D4F-4B4C-B19D-77DE08BD9B33.JPG
publicidade
publicidade

VIOLÊNCIA

Senado aprova projeto para agressores de mulheres ressarcirem custos do SUS

O projeto terá de voltar à Câmara dos Deputados, pois foi alterado pelos senadores


20/03/2019 às 14:29

Os senadores aprovaram nesta terça-feira (19) projeto que prevê que o agressor em casos de violência doméstica e familiar será obrigado a pagar os custos com os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) e também os dispositivos de segurança usados no monitoramento das vítimas.

O projeto terá de voltar à Câmara dos Deputados, pois foi alterado pelos senadores.

"O ressarcimento será revertido ao ente público à qual pertence a unidade de saúde que prestar o serviço. Para proteção da mulher, o texto impede que o agressor utilize o patrimônio da vítima ou dos seus dependentes para efetuar o pagamento e ainda veda a possibilidade de atenuante e substituição da pena aplicada", diz texto da Agência Senado.

O projeto modifica trechos da Lei Maria da Penha.

publicidade
publicidade
UEA está com inscrições abertas para projeto Escola do Meio Ambiente (EMA)
Bolsonaro promete enviar ao Congresso projeto que classifica invasões como terrorismo
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.