Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
ATRASO

Servidores federais correntistas denunciam atraso no pagamento de salários pela Caixa

Um dos órgãos afetados é a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) que emitiu nota informando que no dia 31 de janeiro transferiu os recursos financeiros dos servidores



caixa_123.JPG Foto: Reprodução/Internet
06/02/2018 às 16:47

Servidores Públicos Federais correntistas da Caixa Econômica Federal (CEF) estão com salários atrasados há quatro dias. É o caso de um recenseador, que preferiu não se identificar, que está atuando na realização do Censo Agropecuário de 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conforme ele, a remuneração deveria ter sido depositada até a última sexta-feira (02).

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) emitiu nota informando que no dia 31 de janeiro transferiu os recursos financeiros, via ordem bancária, para pagamento da folha de servidores junto aos bancos conveniados, inclusive à CEF a fim de que os depósitos salariais fossem repassados pelos bancos no primeiro dia útil do mês.

Ainda segundo a Ufam, a gerência estadual da Caixa Econômica informou por meio de nota que o ocorrido no mês de fevereiro de 2018, em âmbito nacional, relaciona-se ao fato da Caixa ter migrado a folha de pagamento do Mpog para um sistema que processa toda a folha de forma automatizada, sem necessidade de comandos manuais na agência, porém ocorreu uma falha tecnológica, a qual impediu o crédito automatizado.

Ainda segundo o documento, desde o momento da detecção da situação a Gerencia Nacional de Pessoa Jurídica Pública da Caixa, em Brasília, vem tentando regularizar a folha, sem solução até o presente momento. E finaliza destacando aos mais de 300 servidores afetados da universidade, entre ativos/aposentados e pensionistas, a estarem em contato direto com a gerência do banco a fim de obter novas informações com previsões corretas até que o problema esteja completamente sanado.

Por meio de nota, a Caixa informou que foram identificados problemas pontuais no processamento da folha de pagamentos do órgãos vinculados ao MPOG. O banco esclarece que estão sendo adotadas providências de regularização de forma que nenhum servidor seja prejudicado.

Registros

No site da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), na aba reclame, consta depoimentos de servidores públicos federais que também já protocolaram reclamação via site da CEF.

“Ainda não recebi o salário do mês de janeiro, os demais débitos automáticos que estavam programados para ocorrer no dia 02 já ocorreram, sendo que até a data deste registro (05/02, ou seja, o terceiro dia útil) o salário ainda não caiu na conta, complicando o cumprimento das minhas obrigações com as contas a pagar”, destacou um dos prejudicados no Proteste.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.