Publicidade
Cotidiano
POLÍTICA

Sessão do Senado é suspensa e escolha do presidente fica para amanhã (2)

A sessão foi suspensa por bate-bocas, trocas de ofensas, entre outros, e deve ser retomada às 11h 01/02/2019 às 21:16 - Atualizado em 01/02/2019 às 21:18
Show ag ncia 2 49899d82 3096 4ab7 897a 96bcda874c2f
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Reuters Brasília (DF)

O Senado decidiu na noite desta sexta-feira suspendeu a eleição do novo presidente da Casa até as 11h de sábado, após uma sessão tumultuada marcada por bate-bocas, trocas de ofensas e por uma dura disputa sobre se a escolha para o novo comandante do Senado será por voto secreto ou aberto.

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que vem se apresentando como candidato à presidência, presidiu a sessão, o que gerou boa parte dos atritos, especialmente por parte do senador Renan Calheiros (MDB-AL), candidato a presidir a Casa pela quinta vez, e por seus aliados.

Alcolumbre colocou em votação simbólica proposta do senador Cid Gomes (PDT-CE) de suspender a sessão até as 11h de sábado. Com a aprovação da medida, ele convocou os senadores para a manhã de sábado, provocando protestos de Renan e de seus aliados que, antes o haviam acusado de “usurpador”, que afirmavam que ele não poderia fazer essa convocação.

Publicidade
Publicidade