Publicidade
Cotidiano
LONGEVIDADE

Setor de serviços voltados para a terceira idade movimenta o mercado

Com a expectativa de vida chegando aos 75 anos, preocupações com a qualidade de vida surgem, bem como aumenta a demanda por serviços especializados 23/06/2018 às 14:55 - Atualizado em 24/06/2018 às 15:57
Show terceira idade
Serviços voltados para a terceira idade estão em alta no mercado (Foto: Agência Brasil)
Rebeca Beatriz Manaus (AM)

Os brasileiros estão vivendo, em média, 75 anos, de acordo com o último censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com a expectativa de vida da população em alta, surgem preocupações com a qualidade de vida da terceira idade. A demanda por serviços de cuidados com os idosos tem crescido em todo o País. Dentro desse mercado, aparecem profissões e empresas direcionadas às necessidades desse público, como a ‘Maria Brasileira’, uma prestadora de serviços para a terceira idade. 

Há cinco anos no mercado, a empresa atua em três segmentos dentro do ramo: terceirização, quando um familiar entra em contato solicitando o cuidador de idoso; recrutamento e Seleção, treinando os familiares do idoso para entrevistar e selecionar um cuidador de acordo com as necessidades; e, serviços eventuais, disponibilizando um profissional para prestar temporariamente o serviço de cuidador. A gestora de relacionamento da marca, Patrícia Abilaine explica  o diferencial destas atividades.  

“Temos um cuidado especial com quem já se doou uma vida inteira. O idoso merece respeito, carinho e atenção. A pessoa idosa não é um fardo, é uma experiência. É nisso que a Maria Brasileira acredita e transmite”, destaca.

Capacitação

O cuidador de idosos precisa ter experiência e referência comprovadas em carteira. É  necessário confirmar ainda as áreas em que o cuidador atuou. A maioria nesse serviço também já fez o curso específico.  

Serviços de Sáude

Atingir a longevidade significa dobrar o cuidado com a saúde. O número de pacientes na terceira idade tem crescido, e as empresas do segmento se preocupam em oferecer cada vez mais, diversidade no atendimento. Segundo o sócio fundador da Medic Mais, rede de clínicas médicas populares, Tiago Alves, 60% dos pacientes são idosos. 

“No público da terceira idade, alguns serviços são mais procurados, como cardiologia, oftalmologia e ortopedia. Nós buscamos um atendimento de qualidade e fidelização”, comenta.

Experiência

Jurliza Gurgel foi cuidadora de idosos durante três anos. Atualmente, na função de supervisora dos cuidadores, ela comenta que as tarefas cotidianas deste trabalho são motivacionais e inspiradoras. 

“Sempre precisaremos de alguém do nosso lado. A companhia é algo bom. E o mais importante é que o idoso pode contar conosco não só para serviços básicos, mas ele poderá ser nosso amigo. Tem sido assim, e é dessa forma que surgem as maiores lições de vida”, diz.

A rotina de um cuidador inclui tarefas como dar banho, ajudar a vestir as roupas, servir as refeições e levar o idoso para passear. O cuidado com os horários das medicações também é essencial. O profissional também pode ser companhia para jogos como baralho, dominó ou em atividades que envolvem um bate-papo ou apenas assistir à televisão.

Publicidade
Publicidade