Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
EMPREENDEDORISMO

Quer ter um negócio este ano? Confira dicas para não errar na hora de investir

O Brasil fechou o ano de 2017 com 20,8 mil vagas de trabalho formal em 2017, segundo o Caged. A escassez de vagas no mercado de trabalho pode significar uma oportunidade para quem deseja começar uma empresa



neg_cios_am.JPG De acordo com o Sebrae, o Amazonas possui 126, 5 mil empresários, sendo 22% no comércio varejista de alimentos e vestuário. (Foto: Clóvis Miranda)
04/02/2018 às 10:35

Seu sonho é ser dono do próprio negócio este ano? Para isso, é necessário ter cuidado na hora de investir. O País vem passando por instabilidades políticas e econômicas, o que requer atenção do micro e pequeno empreendedor.

O Brasil fechou o ano de 2017 com 20,8 mil vagas de trabalho formal em 2017, segundo o Caged. A escassez de vagas no mercado de trabalho pode significar uma oportunidade para quem deseja começar uma empresa.

De acordo com o Sebrae-AM, o Amazonas possui 126,5 mil empresários, sendo 51,6% Microempreendedores Individuais (MEI). E 80% deles estão concentrados em 10 municípios e 63,2% em Manaus. Aproximadamente 42,4% dos empresários do Amazonas estão concentrados em 10 segmentos, destes 22% no comércio varejista de alimentos e do vestuário.

A administradora Lorena Silva revela que até final de outubro deste ano seu negócio estará operando normalmente no segmento de marketing digital. 

“Resolvi montar um negócio este ano, pois estava observando o cenário bastante negativo em outros anos e por isso estava com medo de arriscar. Além disso, esse tempo foi o tempo suficiente para captar mais recursos para o negócio”, explica Silva.

Prepare seu bolso

Coloque todos os possíveis gastos na ponta do lápis. O capital de giro é muito importante para todos os empreendimentos: a falta de dinheiro para segurar a barra entre prazos de receita e prazos de despesas é a maior causa alegada de mortalidade nas empresas brasileiras. 

“É preciso ter um respaldo financeiro para manter o negócio se desenvolvendo com sucesso. É necessário ter um investimento e geralmente dura em média um ano para obter o retorno do investimento e não do lucro ainda”, orienta a consultora empresarial Marise Chaves. 

Faça o que domina

Começar um negócio apenas com base em suas paixões é um erro, é preciso um bom estudo de mercado. “O mais importante na hora de começar a empreender é responder a questão: o que você gostaria de fazer para o resto da vida? Começar um negócio, principalmente no Brasil, não é uma tarefa fácil e muitos desafios irão surgir ao longo do caminho. Quando fazemos algo que sentimos prazer, as dificuldades acabam servindo de lição e motivação”, explica o CEO do Elo7, Carlos Curioni.

Começar do zero ou abrir uma franquia

“A franquia já vem com o diferencial de mercado, mas já o negócio novo vai precisar investir em mais propaganda. Outro detalhe, quem já trabalhou em algum segmento e conhece bem esse setor, pode pensar em abrir um negócio próprio, começando do zero, mas para quem não tem esse conhecimento, mas mesmo assim se identifica com a atividade, vale a pena optar por franquia”, aconselha Marise.

É necessário entender o mercado em que você vai atuar. “Verifique se existe demanda pelo seu produto ou serviço e qual é o nível de procura. Além disso, é necessário verificar se há alguma sazonalidade na operação, como é a competição nesse segmento, pesquisar o que os potenciais clientes falam a respeito de outras empresas no setor, e também entender o perfil do seu público-alvo”, diz Curioni. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.