Publicidade
Cotidiano
POLÍTICA

Sidney Leite anuncia saída do Pros após Henrique Oliveira assumir comando da sigla

Parlamentar afirmou na tribuna que não concordou com intervenção que a sigla sofreu no Amazonas. Ex-vice governador afirma que saída era esperada por conta da "dança das cadeiras" 28/03/2018 às 16:47 - Atualizado em 28/03/2018 às 18:10
Show sidney leite
Foto: Divulgação
Larissa Cavalcante Manaus (AM)

O deputado Sidney Leite (sem partido) anunciou nesta terça-feira (28) o desligamento do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) durante discurso na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE). O parlamentar afirmou na tribuna que não concordou com a intervenção que a sigla sofreu no Amazonas, alcançando o ex-vice governador Henrique Oliveira à presidência estadual da legenda.  

Na Câmara Municipal Manaus (CMM), o partido conta com apenas um vereador Roberto Sabino. Com a saída de Belarmino Lins, oficializada na última terça-feira, a legenda entra em declínio por falta de representatividade.

Sidney foi um dos fundadores do Pros no Estado juntamente com o ex-governador José Melo. Ele disse que na próxima semana anuncia seu novo partido. “Buscarei ingressar em uma nova sigla partidária em que poderei  discutir conjuntamente como (irei) disputar a eleição deste ano”, disse.

Nos bastidores, há informações de que o parlamentar se torne oposição visto que Leite vem criticando ações do governo em algumas declarações no plenário. No início do ano, Sidney foi exonerado do cargo de chefe da Casa Civil pelo governador Amazonino Mendes.

Na avaliação do presidente estadual da legenda, Henrique Oliveira, as saídas já eram esperadas por conta da ‘dança das cadeiras’ propiciadas pela janela partidária que encerra no próximo dia 07. “Esperamos que os bons e os que acreditam em uma nova estrutura partidária que queremos implementar fiquem. Dos que acharem que tem que viver a sombra da máquina para poder se eleger, não vamos ter saudade da presença deles”, ponderou.

Publicidade
Publicidade