Sábado, 30 de Maio de 2020
CRÍTICAS

Sinésio critica declarações de Bolsonaro sobre coronavírus: 'Bobo da corte'

O deputado estadual pelo PT mostrou, na tribuna da Aleam, um vídeo com um compilado de falas dos presidentes ao redor do mundo e comparou com posicionamentos do presidente



sin_sio-pt_364CCB5F-5097-4FCC-80FF-86CA82311D63.jpeg Foto: Divulgação
18/03/2020 às 13:27

O deputado estadual Sinésio Campos (PT) criticou os pronunciamentos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em relação à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Durante o pronunciamento, o deputado mostrou aos parlamentares estaduais um vídeo com um compilado das falas dos presidentes ao redor do mundo e comparou com posicionamentos de Jair Bolsonaro sobre o coronavírus, chamando o presidente de “bobo da corte”.

A declaração foi dada nesta quarta-feira (18), na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), situada no bairro Flores, Zona sul de Manaus. No vídeo apresentado por Sinésio, constam as falas de presidentes como o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente da França, Emmanuel Macron, onde os chefes de Estado citam dados e orientam a população sobre ações preventivas.



No fim do vídeo, o presidente Bolsonaro aparece afirmando que outros vírus mais letais e perigosos que o coronavírus já assolaram o Brasil, acrescentando que interesses econômicos estão por trás da “histeria” criada em torno do Covid-19.

“Isso é independente de matriz ideológica. Vocês viram o Trump, que é de ‘extrema direita’  e presenciaram o que os governos, das grandes potências disseram. O nosso presidente virou o ‘bobo da corte. Enquanto 60% a 70% da população corre risco. O presidente brinca com a saúde pública”, disse o parlamentar.

O deputado estadual, Dermilson Chagas (PP), cobrou do governo do Estado medidas mais enérgicas quanto à prevenção da pandemia.  O parlamentar disse que o vice-reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Jacob Cohen, ocultou uma informação de interesse público quando demorou a informar sobre o teste positivo para o coronavírus.

“Essa pessoa transitou em vários locais, podendo contaminar várias pessoas, e eu não vi uma atitude do governo para uma providência mais enérgica em saber qual o laboratório que deixou de informar. O governo me preocupa quando  vem a público e diz que não precisa de UTI’s”, disse o deputado.

Porém, o deputado estadual, doutor Gomes (PSC), disse ao deputado Dermilson Chagas que ele deve participar das reuniões que ocorrem na Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e na Comissão de Saúde de casa. O parlamentar acrescentou que se reuniu com profissionais da saúde para obter informações para ações de prevenção contra a epidemia.

“O governo não está inerte. Não é o momento de criticar, mas de oferecer sugestões. O Hospital Delphina Aziz será referência. Todos os casos graves irão para o Delphina. Lá, nós já temos 50 leitos de UTI completos, com respiradores. E tem capacidade de ampliar, em outros andares, mais 50 leitos. Tem deputado que não procura estar nas reuniões e critica sem saber”, disparou o parlamentar.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.