Publicidade
Cotidiano
Notícias

Sobe para 11 o número de corpos em região afetada por lama das barragens de mineradora em MG

Sete vítimas foram identificadas e 15 estão desaparecidos. Barragens da Samarco romperam no último dia 5 e a lama destruiu cidades e a natureza da região 16/11/2015 às 10:54
Show 1
Bombeiros trabalham incansavelmente nos locais atingidos pela lama das barragens
Agência Brasil Brasília

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou que quatro corpos estão no Instituto Médico Legal da capital mineira para serem identificados. Os corpos são de vítimas do rompimento das barragens da mineradora Samarco.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os corpos foram encontrados em áreas afetadas pelo rompimento das barragens Fundão e Santarém, no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, região central de Minas Gerais. A mineradora responsável pelas barragens é a Samarco, da Vale.

Sete vítimas foram identificadas. Com isso, sobe para 11 o número de corpos encontrados em razão do rompimento das barragens, ocorrido em 5 de novembro último. Há 15 pessoas desaparecidas, sendo nove funcionários da mineradora Samarco e seis moradores.

Segundo a corporação, as buscas continuam. No total, 185 famílias perderam as casas ou tiveram o imóvel afetado pelo rompimento das barragens. As famílias foram levadas para hotéis e pousadas da região. Máquinas continuam auxiliando na retirada de entulhos e detritos.

Publicidade
Publicidade