Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Notícias

Sobe para 627 o número de casos suspeitos de zika vírus em Manaus, confirma Semsa

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou um novo boletim epidemiológico na tarde desta quinta-feira, 25. Até o momento, dos 55 casos confirmados da doença, 24 são em gestantes. 



1.jpg Em adultos, o vírus provoca sintomas mais leves que a dengue e a chikungunya – também transmitidas pelo Aedes aegypti
25/02/2016 às 18:44

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou, na tarde desta quinta-feira (25), o 21º boletim epidemiológico dos casos suspeitos de Zika vírus em Manaus. O documento confirma o aumentou para 627 no número de pessoas com a suspeita de terem contraído a doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti - que também transmite a dengue e a chikungunya. Conforme a Semsa, os dados foram contabilizados até a última quarta-feira (24).

O boletim demonstrou que, entre os casos investigados, 55 casos foram confirmados, sendo 24 deles em gestantes. Do total, a secretaria já descartou a contaminação em 162 casos, desses 18 em grávidas. Até o momento, nenhum caso de microcefalia foi registrado na capital amazonense.   

Dos casos 410 casos de Zika que permanecem em análise, conforme a Semsa, 83 envolvem mulheres grávidas.

O boletim também aponta que, até o momento, o Disque Saúde da Semsa (0800 28 08 280) já recebeu 2,5 mil denúncias de criadouros do mosquito transmissor das doenças e, desse total, cerca de 1,5 mil locais foram visitados por agentes de endemias.

Ainda de acordo com a Semsa, 725 brigadas de combate ao Aedes foram implantadas e  mais de 2,2 mil pessoas estão capacitadas para atuarem no combate ao mosquito.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.