Quinta-feira, 05 de Agosto de 2021
Sobrevivente

Sobrevivente de queda do avião do Chapecoense escapa de tragédia com ônibus que matou 21 pessoas

Ônibus em que ele estava despencou de barranco de 150 metros. Ele teve apenas ferimentos leves.



583ecec76aacf_11EF1FDD-200C-4D4F-A807-2017C05E026C.jpeg Ele saiu do acidente apenas com ferimentos leves. Foto: Reprodução / Internet.
03/03/2021 às 14:43

O boliviano Erwin Tumiri, que é técnico em aviação e um dos sobreviventes do acidente com o avião da Chapecoense, em 2016, mais uma vez escapou da morte em uma tragédia com muitas vítimas. Ele era um dos passageiros no ônibus que caiu 150 metros nesta terça-feira (2), entre as cidades de Cochabamba e Ivirgarzama.

Segundo a imprensa local, ao menos 21 pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas.



“O ônibus estava rodando, aí eu agarrei o banco da frente, sabia que íamos bater porque viajávamos em alta velocidade”, disse ele. Tumiri contou que o ônibus saiu por volta das 22h30 de segunda-feira e fez uma parada "estranha" logo depois.

Ele disse que o ônibus estava se deslocando muito rápido na hora do acidente e que as pessoas começaram a gritar, quando ele agarrou sua poltrona. "Continuei agarrado, não soltei até atingirmos o solo", contou.

A queda do avião LaMia, em novembro de 2016 na Colômbia, deixou 71 mortos, a maioria jogadores da Chapecoense.

*Com informações de agências

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.