Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
FUNAI_F1BE2F67-E209-4F93-8043-47EC3363BC22.jpg
Foto: Arquivo/A Crítica
publicidade
publicidade

AÇÃO

SSP-AM atua em expedição da Funai de proteção e monitoramento de índios isolados

A Fundação Nacional do Índio solicitou apoio da SSP-AM para garantir a segurança da equipe operacional de fiscalização e vigilância.


07/03/2019 às 17:12

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) participa da Expedição de Proteção e Monitoramento de Indígenas Isolados Korubo do Rio Coari. Os indígenas estão isolados na região do Vale do Javari, no Estado do Amazonas. A expedição conta com a participação de policiais militares do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) do município de Tabatinga, a 1108 quilômetros de Manaus.

De acordo com o secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras (GGI-F) da SSP-AM, tenente-coronel Almir Cavalcante, o trabalho dos policiais militares é garantir a segurança da Base de Proteção Etnoambiental no Vale do Javari.

A Funai solicitou apoio da SSP-AM para garantir a segurança da equipe operacional de fiscalização e vigilância. Além da Polícia Militar, o Exército Brasileiro participa por meio da 8º Batalhão de Infantaria de Selva.

A expedição começou nesta quinta-feira (7), com a participação direta de indigenistas e colaboradores da Funai, que já possuem experiência no trabalho com indígenas isolados; profissionais de saúde da Secretaria Especial de Saúde Indígena; além de indígenas Korubo, Kanamari, Marubo e Mayoruna.

publicidade

Segundo a Funai, a região do Vale do Javari - que faz fronteira com o Peru - é uma das maiores terras indígenas demarcadas do Brasil.  Além das forças armadas, a Funai está atuando em conjunto com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), órgão vinculado ao Ministério da Saúde.

Vale do Javari

Localizada ao extremo oeste do estado do Amazonas, a terra indígena Vale do Javari é uma das maiores terras indígenas demarcadas do Brasil, com mais de oito milhões de hectares, é a região com maior concentração de registros de povos indígenas isolados, com 10 referências confirmadas e três em estudo. 

A área rica em recursos hidrográficos, encontra-se no rio Coari, região tradicionalmente ocupada pelo povo Matis, contatado desde a década de 70, mas também pelo povo Korubo, que são grupos indígenas em situação de isolamento voluntário e outros três grupos considerados recente contato. 

publicidade
publicidade
Policial Militar leva suspeito à delegacia e acaba preso em flagrante
No Facebook, Bolsonaro defende mineração e agropecuária em terras indígenas
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.