Domingo, 18 de Agosto de 2019
SEGURANÇA

SSP assegura recursos para compra de lancha blindada contra o tráfico no AM

Recursos do Governo Federal na ordem de R$ 2,5 milhões serão incluídos aos quase R$ 10 milhões já garantidos para obter outras quatro embarcações



pc_D7589576-8445-4E8E-9798-CB4937BE0152.jpg Foto: Divulgação
23/11/2018 às 11:06

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) assegurou recursos do governo federal para comprar uma lancha blindada, acompanhada de submetralhadoras e equipamentos mais modernos para enfrentar de igual para igual os traficantes de drogas e armas abordados nas operações que vêm sendo realizadas nas fronteiras e ao longo dos rios Negro e Solimões.

A parceria foi fechada ontem entre o secretário, Amadeu Soares, e o ministro de Segurança Pública, Raul Jungman. Os recursos, na ordem de R$ 2,5 milhões, serão incluídos aos quase R$ 10 milhões já garantidos para a compra de outras quatro lanchas blindadas para o Exército e a Marinha.

“Nas operações de fronteira, de combate ao tráfico de drogas e armas, o que mais preocupa são as abordagens nas embarcações do tráfico no rio Solimões, porque estão vindo cada vez mais armados com fuzis e já temos histórico de vários confrontos com policiais mortos e feridos. Um policial federal foi morto há três meses e um escrivão da polícia civil ferido com tiro de fuzil em Novo Airão”, relatou Soares.

Segundo ele, toda operação contra o tráfico de drogas no Solimões é considerada de nível elevado porque o risco de confronto é muito alto. E se for feito o enfrentamento com as atuais lanchas de alumínio, haverá ainda mais policiais mortos e feridos. Na semana passada, em uma das ações da operação “Banzeiro”, o barco utilizado pelos policiais amazonenses ficou crivado de tiros num confronto com os traficantes.

“Eu vim aqui sensibilizar o ministro para que nos encaixe nessa aquisição que já está sendo feita de lanchas blindadas para podermos operar nos rios da Amazônia com maior segurança”, declarou.

A operação Banzeiro está sendo realizada nos rios do Amazonas especialmente no rio Solimões. Nos últimos oito meses, quase sete toneladas de drogas entre maconha skank (supermaconha) e cocaína já foram apreendidas.

“O Ministério da Segurança Pública tem todo o interesse em ajudar o Amazonas que vem combatendo as drogas e as facções criminosas. Essa lancha blindada, com certeza, vai reforçar esse trabalho de combate ao tráfico de drogas, armas e a essas facções”, disse o ministro Raul Jungman.

Acompanhamento

Todo o processo de articulação e encaminhamento do processo para a compra da lancha blindada, junto ao Exército e à Marinha, ficará sob a responsabilidade do Relações Institucionais da SSP-AM, Edwin Schröder Junior, que também participou da audiência no Ministério da Segurança Pública, ontem.

Radares na Amazônia

Na conversa com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungman, o secretário estadual de Segurança Pública defendeu o controle rigoroso das fronteiras tanto as do Norte (Brasil, Peru e Colômbia), quanto as da fronteira com o Paraguai para diminuir o tráfico de drogas e armas assim como a violência nas cidades.

Para o secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Amadeu Soares, a criação de uma guarda costeira e o aumento do contingente de policiais são necessários para o combate à criminalidade. O ministro Raul Jungman destacou os encontros com os países limítrofes e suas respectivas inteligências policiais e das Forças Armadas. O ministro citou ainda a aquisição de armas e veículos blindados e cinco radares pela Aeronáutica para detecção de pequenos aviões do tráfico na Amazônia brasileira.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.