Publicidade
Cotidiano
MOBILIDADE

Startup lança aplicativo 'Carona Mototaxi' para corridas em Manaus

Aplicativo deve iniciar operações neste mês. App conta com mais de 150 mototaxistas cadastrados 09/12/2018 às 17:39
Show carona 2b9ea8ac 5651 417f 8798 0ee67774225f
Foto: Márcio Silva
Rebeca Beatriz Manaus (AM)

Solicitar carona paga por meio de aplicativos de mobilidade urbana tornou-se uma tendência e revolucionou o serviço de transporte. Desde 2014, quando surgiram esses apps, a prática tem conquistado adeptos e movimentado a economia do setor, reduzindo gastos com impostos para aqueles que possuem veículo próprio e taxas de manutenção.

Alinhado a esse contexto, quem presta esse tipo de ofício consegue reunir dinheiro suficiente para arcar com as despesas. Ou seja, a carona paga é uma via de mão dupla: ganha quem oferece e quem utiliza o serviço. Já comum nos veículos de categoria B (carros), a alternativa, aos poucos, chega ao universo das motocicletas.

Similar ao Uber, o aplicativo Carona Mototaxi, já disponível no Rio de Janeiro deve iniciar as operações na primeira quinzena do mês de dezembro, em Manaus. Em fase de implementação na capital, o app conta com atualmente mais de 150 cadastrados.

O diretor operacional da startup Carona Mototaxi, Leo David, destaca alguns fatores que devem ser considerados para o funcionamento da plataforma.

“Vai ser uma alternativa para garantir uma renda extra, ganha o cliente e ganha o mototaxista. O aplicativo aciona motoclistas a uma distância de até 5 km, para evitar demora. É importante enfatizar que somente mototaxistas legalizados poderão se cadastrar, e que faremos um filtro, pesquisando o histórico daquele motorista, tudo pela segurança do passageiro”, diz.

Operacionalidade

Na prática, funciona da seguinte forma: o cliente cadastrado faz o pedido por meio do aplicativo e o valor aparece, instantaneamente no visor do aparelho de celular. O motorista recebe o chamado, aceita a corrida e se desloca até o local onde foi solicitado.

Mototaxista há 12 anos, Ribson Silva analisa a tecnologia como forma de se atualizar face às exigências do mercado.

“Eu fiz questão de ser um dos primeiros a me cadastrar. Vejo como um ganho para nós, mototaxistas. Sem os aplicativos, ficamos parados no ponto, ou circulando nas ruas até encontrar um passageiro, o que dificulta a rotina, perdemos tempo e dinheiro. Com o app, é tudo muito mais fácil. É importante se adaptar adaptar às novas tecnologias”, conta.

Plataforma para legalizados

A startup ficará com 22% do valor da corrida, o restante será repassado automaticamente ao mototaxista.

O lançamento da plataforma coloca Manaus no patamar de cidades onde o uso de apps de carona paga se tornou comum, representando um avanço em termos econômicos e tecnológicos, além de representar um ganho tanto para a população quanto para os próprios mototaxistas, conforme destaca o diretor-presidente da Cooperativa Coomtam, Maurício Ponce.

“Tem tudo pra dar certo, pois a plataforma é tão boa e acessível para o cliente, quanto para o mototaxista. É bom lembrar que este aplicativo já tem suas funcionalidades em outros lugares do Brasil, como a cidade de origem do aplicativo que é o Rio de Janeiro, onde ainda não existem mototaxistas legalizados. Mas como Manaus já existe uma legalização da profissão, então só vai ser aceito adentrarem no aplicativo os legalizados”, diz.

Publicidade
Publicidade