Publicidade
Cotidiano
Notícias

STF publica lista de envolvidos na Operação Lava Jato e autoriza mais investigações

Foram solicitados pelo Ministério Público Federal 28 inquéritos envolvendo 54 pessoas, incluindo parlamentares 06/03/2015 às 20:43
Show 1
O ministro Teori Zavaski é o relator do caso
Agência Brasil Manaus (AM)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki autorizou nesta sexta-feira (6) abertura de investigação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no âmbito das investigações de corrupção na Petrobras. Zavascki, relator do caso da Operação Lava Jato no STF, também autorizou a abertura de investigação de outros parlamentares e políticos.

Ao todo, ele deferiu 21 pedidos de abertura de inquéritos feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, referentes a autoridades com prerrogativa de foro e outros possíveis envolvidos em investigação, informou o STF. Foram solicitados pelo Ministério Público Federal 28 inquéritos envolvendo 54 pessoas, incluindo parlamentares.

O ministro, que retirou o sigilo do processo, também deferiu pedidos de investigação do ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão e da ex-governadora do Maranhão Rosena Sarney.

O ministro autorizou ainda investigação de senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e dos senadores Humberto Costa (PT-PE), Lindbergh Farias (PT-RJ), Romero Jucá (PMDB-RR) e Antonio Anastasia (PSDB-MG). Também será investigado do deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), entre outros.

Dilma e Aécio

Zavascki arquivou investigação contra senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Delcídio do Amaral (PT-MS) e ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

A presidente Dilma Rousseff não será investigada pelo STF no âmbito da Operação Lava Jato, apesar de ter sido citada em uma das petições enviadas pela PGR ao Supremo, informou o tribunal nesta sexta-feira (6). O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, alegou não ter competência para investigar a presidente.

Lista dos investigados

Aline Lemos Corrêa de Oliveira Andrade

Aníbal Ferreira Gomes

Antonio Augusto Junho Anastasia

Arthur Cesar Pereira de Lira

Benedito de Lira

Carlos Magno Ramos

Dilceu João Sperafico

Edison Lobão

Eduardo Cunha

Eduardo Henrique

Eduardo Henrique da Fonte de Albuquerque Silva

Fernando Affonso Collor de Mello

Gladison de Lima Cameli

Gleisi Helena Hoffman

Humberto Sérgio Costa Lima

Jeronimo Pizzolotto Goergen

João Felipe de Souza Leão

João Luiz Argôlo Filho

João Sandes Junior

José Afonso Ebert Hamm

José Linhares da Ponte

José Mentor Guilherme de Melo Neto

José Olimpio Silveira Moraes

José Otávio Germano

José Renan Vasconcelos Calheiros

Lázaro Botelho Martins

Luiz Carlos Heinze

Luiz Fernando Ramos Faria

Luiz Lindbergh Farias Filho

Mário Silvio Mendes Negromonte

Nelson Meurer

Pedro Henry Neto

Renato Delmar Molling

Renato Egígio Balestra

Roberto Pereira de Britto

Roberto Sérgio Ribeiro Coutinho Teixeira

Roseana Sarney Murad

Simão Sessim

Valdir Raupp de Matos

Vander Luiz dos Santos Loubet

Vilson Luiz Covatti

Waldir Maranhão Cardoso

Lista dos arquivados

Aécio Cunha Neves

Alexandre José dos Santos

Ciro Nogueira

Delcídio do Amaral Gómez

Henrique Eduardo Lyra Alves

Romero Jucá Filho

Lista dos remetidos a outros tribunais

Aguinaldo Velloso Borges Ribeiro

Antonio Palocci Filho

Cândido Elpidio de Souza Vacarezza

Ciro Nogueira Lima Filho

João Alberto Pizzolatti Júnior

Pedro da Silva Correa de Oliveira Andrade Neto




Publicidade
Publicidade