Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

Sucesso da Copa derrotou pessimistas, diz presidente Dilma

Rebatendo as críticas de que a Copa no Brasil seria um fiasco, a presidente afirmou que tudo está correndo bem com os aeroportos “irrepreensíveis” e os estádios, “dando show de bola”


04/07/2014 às 18:25

A presidente Dilma Rousseff afirmou, há pouco, ao inaugurar um hospital, em Porto Alegre, que o sucesso da Copa do Mundo no Brasil derrotou “os pessimistas” e o “complexo de vira-lata” de alguns brasileiros.

Dizendo-se ansiosa para a partida entre o Brasil e a Colômbia, marcada as 17h, no Castelão, em Fortaleza, a presidenta afirmou que os aeroportos estão “irrepreensíveis” e os estádios, “dando show de bola”. “Derrotamos os pessimistas, que disseram que não havia a menor possiblidade de dar certo a Copa do Mundo, mas ela não só deu certo, como mostrou um país que sabe receber." Segundo ela, o Rio Grande do Sul, com Porto Alegre, e todas as outras cidades-sede do Mundial deram grande demonstrações de hospitalidade.

A presidenta citou uma imagem, que viu pela internet, em que a banda da Policia Militar do Rio Grande do Sul toca juntamente com torcedores holandeses, para exemplificar a hospitalidade do brasileiro com os turistas que vieram para ver a Copa.

“Para mim, essa imagem, que está na internet, mostra aquilo que ninguém esperava. Foram derrotados todos os que tinham complexo de vira-lata, que diziam que seria a Copa do caos ou da falta de energia, de tudo que há de pior. Acredito, e tenho certeza, que no Rio Grande do Sul vocês deram uma grande demonstração de generosidade e um show de bola”, disse a presidente.

publicidade
publicidade
Bolsonaro e Paulo Guedes se contradizem ao falar sobre Zona Franca de Manaus
Operadoras de celular começam recadastramento de clientes com pré-pagos
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.