Publicidade
Cotidiano
COMANDO

Suframa define superintendentes adjuntos com três militares e ex-interino

Gustavo Igrejas, que já comandou o órgão, ficará na pasta de projetos. Ex-comandante do Cigs, Alcimar de Araújo ficará com Planejamento e Desenvolvimento Regional 22/02/2019 às 12:14
Show suframa11 4adc5cc1 96a1 4a51 b598 8101fcfddfa7
Nícolas Daniel Marreco Manaus

Os quatro nomes previstos para assumir aS superintendências adjuntas da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) foram confirmados na manhã desta sexta-feira (22) pela assessoria pessoal do coronel Alfredo Menezes, titular da autarquia. Gustavo Adolfo Igrejas Filgueiras, que no passado foi superintendente interino, e os coronéis reformados Alcimar Marques de Araújo Martins, Sandro Rogério Ferreira Gomes e Luciano Martins Tavares são os nomespara os cargos.

A nomeação prevista para o Diário Oficial da União (DOU) é para as próximas duas semanas, como indicou Menezes ao jornal A Crítica. “Estávamos no processo de alinhamento das diretrizes que o governo federal me passou aos nomes que foram convidados. Você tem que conversar com as pessoas e ver se elas também pensam de acordo com a nossa maneira”, relatou. Menezes assumiu a pasta na última sexta, 15 de fevereiro, quando seu nome foi publicado no DOU após 37 dias da indicação do cargo pelo secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), Carlos Alexandre da Costa, ligado ao Ministério da Economia.

Segundo a assessoria, o militar Sandro Ferreira Gomes vai para a subpasta da Superintendência Adjunta Executiva (SAE), Alcimar de Araújo Martins, ex-comandante do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS),  para a subpasta de Planejamento e Desenvolvimento Regional (SAP), Luciano Martins Tavares para a subpasta de Operações (SAO) e Gustavo Igrejas Filgueiras como adjunto de Projetos (SPR).

De todos, Filgueiras é o único que já trabalhou antes na Suframa por ser funcionário concursado e ter conhecimento na gestão técnica do órgão, quando foi superintendente interino em substituição ao antigo titular, Thomaz Nogueira, em 2014. Ele foi escolhido para ser o principal assessor do coronel Menezes, e vai trabalhar no gabinete do superintendente.

Publicidade
Publicidade