Publicidade
Cotidiano
Notícias

Suspeito ataca adolescente que se negou a transar em Lábrea

Revoltado com a negativa da jovem, o adolescente de 16 anos se armou com um terçado e desferiu vários golpes, que atingiram principalmente a cabeça e os braços da vítima 20/08/2013 às 17:13
Show 1
Após o crime, a jovem ficou agonizando e foi socorrida por vizinhos, que ouviram seus gritos de socorro
acritica.com Manaus (AM)

Um estudante de 16 anos confessou ter agredido a golpes de terçado uma adolescente de 14 anos, após ela se recusar a ter relações sexuais. Ele foi apreendido no último domingo (18) no município de Lábrea (localizado a 702 quilômetros de Manaus), ainda sob suspeita de estupro e tentativa de homicídio. Durante o depoimento, o adolescente afirmou que cometeu o crime porque ficou revoltado com a negativa da vítima.

De acordo com o comandante da 4ª Companhia da Polícia Militar, tenente Laurênio Silva, o adolescente invadiu na madrugada de domingo a residência da jovem, situada no bairro Pantanal, e tentou manter relações sexuais sem o seu consentimento. Aparentemente, os dois já se conheciam.

Ainda segundo o oficial da PM, o suspeito contou que ficou revoltado com a negativa e resolveu agredi-la. Armado de um terçado, o adolescente partiu para cima da menina e desferiu vários golpes, que atingiram principalmente a cabeça e os braços da vítima. Em seguida, o suspeito fugiu do local.

Após o crime, a jovem ficou agonizando e foi socorrida por vizinhos, que ouviram seus gritos de socorro. A vítima foi levada ao hospital local, onde foi atendida e está sob cuidados médicos. De acordo com a equipe de atendimento da unidade de saúde, o quadro de saúde da jovem é estável, mas ela continua internada.

A polícia foi acionada e fez buscas do suspeito pela região. Ele foi encontrado na garagem central da Prefeitura de Lábrea, onde havia se escondido. O jovem foi levado à Delegacia Interativa do município.

Publicidade
Publicidade