Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020
POLÍTICA

Suspeito de dar facada em Bolsonaro postava críticas contra candidato

Caso ocorreu durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais. O presidenciável passará por cirurgia após a faca ter atingido o fígado



adelio_07087A64-DDDD-4CEF-9A73-EB20C899B11A.jpg Foto: Divulgação/PM
06/09/2018 às 16:53

Em seu perfil no Facebook, o suspeito de esfaquear o candidato Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, postava diversas mensagens críticas ao candidato do PSL. O caso ocorreu nesta quinta-feira (6) durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais. O presidenciável passará por cirurgia após a faca ter atingido o fígado.



Segundo o site Terra, Adélio participou de atos contra o presidente Michel Temer e pela libertação de Luiz Inácio Lula da Silva, além de ter divulgado imagens da bandeira do Brasil com o símbolo do comunismo.

Ele foi preso pela Polícia Militar logo após o atentado. Ele chegou a ser agredido pela população e foi levado para a Delegacia da Polícia Federal em Juiz de Fora. A PF vai instaurar um inquérito para investigar o caso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.