Publicidade
Cotidiano
Notícias

Suspeito de tentar assaltar restaurante Taboo é apresentado no 22º DIP, em Manaus

O crime ocorreu na madrugada do dia 13 de setembro quando criminosos trocaram tiros com um PM que estava no local. A polícia investiga o caso e tenta prender os compardas do criminoso que estão foragidos 17/09/2014 às 12:44
Show 1
Suspeito de tentar assaltar o restaurante Taboo, em Adrianópolis, foi apresentado no 22º DIP.
Denir Simplício Manaus (AM)

Pedro Henrique Alves de Souza, de 26 anos, foi apresentado na manhã desta quarta-feira (17), no 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP), acusado de ter participado da tentiva de assalto ao restaurante Taboo Sushi & Dining Club, na rua Maceió, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul da capital. Na ocasião do crime, o suspeito foi atingido com um tiro no tórax após ter sua ação frustrada por um tenente da Polícia Militar, que também foi atingido no tiroteio.

A tentativa de assalto ocorreu na madrugada do último sábado (13), quando um grupo armado tentou invadir o restaurante que estava com cerca de 60 pessoas em seu interior. No momento do crime, um oficial da PM saía do local e os bandidos anunciaram o roubo. O policial, identificado como tenente Lemos, sacou sua arma e atingiu o meliante, que revidou e acertou as nádegas do militar.

Na sequência, o suspeito fugiu com seus comparsas em veículo Volkswagen Gol, de cor vermelha e placas JXY-1441, sendo alcançados após nova troca de tiros com policiais na rua Barcelos, no bairro Cachoeirinha, na Zona Centro-Sul de Manaus. Pelo menos outras três pessoas participaram da tentativa de assalto, mas acabaram fugindo, deixando Pedro Henrique baleado dentro do carro.


O suspeito foi encaminhado para o Hospital e Pronto-socorro 28 de Agosto, localizado na Zona Centro-Sul da cidade, onde por coincidência estava sendo atendido o tenente Lemos. Na mesma hora o policial reconheceu o meliante, que ficou internado na unidade até a manhã desta quarta.

No momento da apresentação na delegacia, Pedro Henrique negou ter participado da ação no restaurante Taboo, mas mesmo assim será enquadrado pelo crime de tentativa de roubo majorado. A delegada Sylvia Laureana comentou sobre a prisão do suspeito e afirmou que continuará a caça dos fugitivos.

“Foi uma ousadia muito grande dos bandidos e poderia ter causado uma desgraça. Ainda bem que conseguimos prender esse rapaz”, disse Laureana. O caso será encaminhado para a Delegacia Especializa em Roubos Furtos e Defraudações (Derft) para que sejam concluídas as investigações e a busca dos outros comparsas.


Publicidade
Publicidade