Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
NA FRONTEIRA

Suspeito de transportar 1,2 toneladas de skunk e ferir militares é morto em confronto

Novo confronto ocorreu nesse sábado (6) após militares vasculharem a área do pelotão em Tabatinga. Na sexta (5), militares ficaram feridos durante tiroteio com traficantes



drogas.jpg Foto: Divulgação
07/01/2018 às 12:09

Após confronto com traficantes na fronteira da Colômbia que deixou cinco militares do Exército feridos na sexta-feira (5), outro tiroteio, desta vez nesse sábado (6), deixou como vítima um dos suspeitos de tentar transportar os 1.200 kg de skunk apreendidos.

Segundo o Comando Militar da Amazônia, após o confronto de sexta-feira, o Exército empregou a tropa no vasculhamento da sede do pelotão para tentar localizar os criminosos que haviam fugido.

Na tarde de ontem, militares encontraram um homem, que efetuou disparos contra a tropa. Após responderem aos tiros em legítima defesa, o homem foi baleado e morreu. O corpo foi levado para o hospital da guarnição de Tabatinga para os procedimentos legais.

Ainda de acordo com o CMA, um procedimento investigatório foi dado início para apurar os fatos.

O Exército disse ainda que somente nos cinco primeiros dias do ano, as atividades de combate ao tráfico de drogas geraram um prejuízo de cerca de R$ 18 milhões aos traficantes.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.