Publicidade
Cotidiano
845 fichas suja para eleição

TCE-AM divulga lista com 350 novos nomes de gestores e ex-gestores 'fichas-suja'

Há um mês, a Corte divulgou uma lista com 511 nomes de gestores e políticos do Amazonas que tiveram suas contas anuais reprovadas pelo órgão. Na nova lista foram incluídos gestores que firmaram convênios e não prestaram conta ou tiveram as contas julgadas irregulares 26/04/2016 às 15:02 - Atualizado em 26/04/2016 às 17:07
Show img0017361424
Plenário do TCE-AM (Foto: Antônio Menezes)
Janaína Andrade Manaus (AM)

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE/AM) divulgou, nesta terça-feira (26), 350 novos nomes de gestores e ex-gestores “fichas-suja”, que tiveram as suas contas julgadas irregulares nos últimos oito anos e por enquanto são considerados inelegíveis para a eleição de outubro.

Há um mês, o presidente da Corte de Contas, conselheiro Ari Moutinho Júnior, divulgou uma lista com 511 nomes de gestores e políticos do Amazonas que tiveram suas contas anuais reprovadas pelo órgão. Na nova lista, gestores que firmaram convênios com o estado e não prestaram conta ou tiveram as contas julgadas irregulares foram incluídos.

“A diferença da primeira lista divulgada em abril, para a que divulgamos hoje é, que além dos 511 nomes, nessa tivemos mais 350 nomes referentes a convênios reprovados. A iniciativa dessa lista é a defesa da democracia, da transparência. Me incomoda muito o estado do Amazonas ocupar hoje o penúltimo lugar na questão da transparência nacional. Nós temos que correr atrás e mostrar que não temos nada a temer, para que assim o eleitor não tenha o dissabor de votar em um candidato que foi um péssimo gestor”, defendeu Moutinho.

Dos 511 nomes de gestores e ex-gestores divulgados na primeira lista de fichas-suja pelo TCE-AM, 15 foram retirados, entre eles do presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Leonel Feitoza, referente as contas aprovadas com ressalvas da Câmara Municipal de Manaus, em 2007, período em que foi presidente do legislativo municipal. O caso foi reanalisado pelo órgão e o nome de Leonel foi retirado da lista.

A lista com os 350 nomes de gestores fichas-suja será disponibilizado ainda na tarde desta quarta-feira no site do TCE/AM - https://www.tce.am.gov.br/portal/?p=15484

Bi Garcia reaparece em lista de fichas-suja

O deputado Bi Garcia (PSDB), que é pré-candidato a Prefeitura de Parintins, constava na primeira lista de fichas-suja por contas reprovadas referentes ao ano de 2008. O político conseguiu recorrer da decisão e sair da lista, entretanto, segundo o secretário-geral de Controle Externo do TCE/AM, Pedro Augusto Oliveira da Silva, o parlamentar foi incluído novamente na lista de gestores com a prestação de contas reprovadas, referente à convênios. 

“Trata-se de um convênio da SEC (Secretaria de Estado de Cultura) com a Prefeitura de Parintins”, disse Pedro, sem dar detalhes de valores ou do período em que foi firmado o convênio.

Publicidade
Publicidade