Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
SUSPENSÃO

TCE suspende dois processos seletivos da prefeitura de Novo Airão, no AM

Processos com inscrição no início de março visavam contratação temporária de 102 funcionários para a Secretaria Municipal de Saúde do município. TCE alegou não existir motivos para os concursos



alipio.jpg
Foto: Divulgação
03/04/2018 às 16:38

Relator das contas de Novo Airão, o auditor Alípio Reis Firmo Filho suspendeu monocraticamente dois Processos Seletivos da Prefeitura de Novo Airão. Os processos, com inscrição no início de março, visavam contratação temporária de 102 funcionários para a Secretaria Municipal de Saúde do município, com cargos para Ensino Fundamental e Ensino Médio técnico e salários de até R$ 1,5 mil.

O prefeito de Novo Airão, Wilton Pereira dos Santos, foi comunicado da decisão no início desta semana e deve suspender os processos seletivos imediatamente. 

Em sua decisão, o auditor alegou que a Prefeitura de Novo Airão não realiza concurso desde 2008, e que não há motivos para a realização dos PSS, uma vez que a contratação temporária de agentes de saúde em caráter excepcional só se justifica em casos de calamidade pública ou surto endêmico.

Os despachos determinaram a suspensão dos dois processos, além da notificação ao prefeito de Novo Airão, Wilton Pereira dos Santos, Prefeito Municipal de Novo Airão, e o presidente da Comissão Especial de PSS, José Mauro Pinto da Rocha. O prefeito tem 15 dias para apresentar suas justificativas.

O processo de edital nº1/2018 abriu 28 vagas, sendo 14 em cadastro reserva, para técnico de enfermagem e para condutor socorrista; o de edital nº2/2018 pretendia contratar agente comunitário de saúde – ACS e agente de combate a endemias – ACE, tendo 74 vagas, com 37 em cadastro reserva. 

Os salários variavam de R$ 1 mil a R$ 1,5 mil, com lotação para as áreas urbana e rural do município de Novo Airão.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.