Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
img_6254_0.jpg
publicidade
publicidade

CAMINHONEIROS

Temer diz que não há risco de intervenção militar por protesto de caminhoneiros

O presidente da República afirmou que, apesar de alguns manifestantes defenderem golpe militar para derrubar o governo, isso não deve ocorrer


29/05/2018 às 14:30

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (29) que não há risco de intervenção militar em decorrência da paralisação de caminhoneiros, apesar de alguns manifestantes defenderem um golpe militar para derrubar o governo.

Em entrevista a um pequeno grupo de jornalistas estrangeiros em fórum de investimentos em São Paulo, Temer disse ainda que a redução do preço do óleo diesel anunciada pelo governo como parte das medidas para tentar acabar com a greve não irá reverter as reformas realizadas pela Petrobras para garantir a independência da estatal.

Temer também afirmou que o governo poderá ingressar com ação junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja declarada ilegal a greve convocada por petroleiros para quarta-feira (30).

publicidade
publicidade
Paulo Guedes diz que Brasil não pode pagar pela Zona Franca de Manaus
Presidente do Sinteam explica reivindicações dos professores em greve
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.