Publicidade
Cotidiano
Supremo

Teori Zavascki libera para julgamento no STF denúncia sobre contas de Cunha na Suíça

Agora cabe ao presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, determinar a data do julgamento. Caso a denúncia seja aceita, Eduardo Cunha passa a ser réu em mais um processo 10/06/2016 às 12:26 - Atualizado em 10/06/2016 às 12:27
Show 1004071 03032016 dsc 7035
(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
Michèlle Canes – Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, liberou para pauta do Plenário da Corte o julgamento da denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em um inquérito contra o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O pedido de investigação feito pelo PGR foi baseado em informações sobre contas na Suíça atribuídas a Cunha. No andamento processual da ação, que corre em segredo de justiça, está registrado, com a data de ontem, quinta-feira (9), que o processo foi liberado para pauta pelo relator.

Agora cabe ao presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, determinar a data do julgamento. Caso a denúncia seja aceita, Eduardo Cunha passa a ser réu em mais um processo. De acordo com a Agência Brasil, a assessoria do deputado afastado Eduardo Cunha ainda não se manifestou sobre o assunto.

Publicidade
Publicidade