Publicidade
Cotidiano
NOVO MÉTODO

Terapia usa 'troca de papéis' para entender problemas familiares, em Manaus

Terapia Constelação Sistêmica chega a Manaus nos dias 29 e 30 de junho, com a especialista Vânia Franke 22/06/2017 às 15:38 - Atualizado em 22/06/2017 às 15:40
Show vania
Psicóloga utiliza o método desde 2009 (Foto: Divulgação)
acrítica.com Manaus (AM)

As relações familiares são responsáveis pela formação de caráter, objetivos e responsabilidades de um indivíduo. Porém, o papel de alguém dentro do grupo pode sofrer alterações com o passar do tempo e com o surgimento de novos sonhos - o que é capaz de gerar conflitos internos e com membros da família. Com o objetivo de eliminar angústias e trazer novas perspectivas em relação a problemas familiares, a terapia Constelação Familiar Sistêmica chega a Manaus nos dias 29 e 30 de junho, com a especialista Vânia Melchionna Franke.

Psicóloga há 30 anos, a profissional de Porto Alegre trabalha com o método - criado pelo pelo psicanalista alemão Bert Hellinger - desde 2009. Vânia conta que a terapia busca desfazer "emaranhamentos" causados por sensações carregadas há gerações.

"O método é fundamentado na psicologia e em dinâmicas de grupo. Durante anos, o Hellinger percebeu que todos nós temos lealdades inconscientes em relação ao nosso grupo familiar que nos levam a desenvolver alguns bloqueios. A Constelação busca essa ampliação das percepções, pois somos parte de um grupo de ancestrais, e toda essa história certamente possui um peso no presente", explica ela.

A terapia é realizada com um tipo de "troca de papéis", em que o paciente é capaz de atuar ou ver atuações que vão permiti-lo visualizar sentimentos, ações e percepções dos membros da família. "Todos nós carregamos uma história familiar. Mesmo que não saibamos exatamente o que aconteceu no passado, nós geramos - por amor aos nossos ancestrais - a vontade ou a obrigação de sermos como eles, embora não tenhamos consciência dessas decisões", conta a especialista.

A Constelação pode ser realizada em duas formas: individual e em grupo. "Ambas têm o mesmo objetivo e eficácia. A constelação de grupo é muito forte, pois uma pessoa vai representar essas relações familiares. Na individual, o cliente vai representar ele mesmo e outros membros da família, o que é muito forte porque conseguimos acessar sentimentos que não são nossos e, a partir disso, compreender melhor a dinâmica familiar", destacou.

A vontade de entender como as relações familiares podem influenciar em escolhas futuras foi o que levou Izabela Sousa-Marques, de 31 anos, a realizar a terapia em abril deste ano. Atuante no ramo da Construção Civil na empresa da família, ela lutava para entender como deveria se portar diante do desejo de procurar outra carreira.

"A empresa existe há 30 anos. Eu tenho um embate entre uma carreira que sempre quis e continuar o legado do meu pai. Isso trazia uma divisão muito grande, e não deixava eu focar em uma escolha sem voltar atrás", contou.

Embora ainda não tenha tomado a decisão, Izabela conta que a sessão em grupo a ajudou a perceber o papel que representa dentro da família e as consequências da possível resolução. "Eu fiquei surpresa com a carga de sentimentos que foi passada ali, de ver o que os representantes sentiram. Hoje eu consigo ter mais clareza do que realmente é minha vocação. Além disso, ficou muito evidente que tenho o total apoio da minha família - e isso nunca tinha ficado claro na cabeça", relatou, garantindo que irá participar novamente da Constelação.

O método chega a Manaus na Knesys Centro de Qualidade de Vida. Esta será a quinta vez que a proprietária do espaço, Káren Berlt, trará o serviço a Manaus. "A proposta da Knesys sempre foi trabalhar qualidade de vida e o bem estar das pessoas, e as Constelações ajudam muito a pessoa a viver melhor e trabalha questões de bloqueio e de resistências", afirmou.

 As matrículas estão abertas na Knesys, localizada na Rua Ernesto Pinto Filho, 16, Quadra G, bairro Parque Dez de Novembro. As sessões em grupo serão realizadas no dia 30 de junho, com matrícula a R$ 280. Quem desejar participar apenas para assistir e conhecer o processo ou que deseja representar papéis de membros familiares de outros participantes, o investimento é de R$ 50. As sessões individuais serão realizadas nos dias 29 e 30 de junho, com investimento de R$ 300. O pagamento das inscrições será feito, à vista, na recepção do local.

Serviço

Terapia de ‘Constelações Familiares’

Onde: Knesys Centro de Qualidade de Vida - Rua Ernesto Pinto Filho, 16, Quadra G, bairro Parque Dez de Novembro

Datas: 29 e 30 de junho

Informações: 99204-9724 ou na fanpage da Knesys

Publicidade
Publicidade