Sábado, 21 de Setembro de 2019
PARCERIA

TIM e Vivo decidem compartilhar sinal 4G e medida pode beneficiar cidades do AM

O memorando assinado nesta segunda-feira (22), prevê compartilhamento da rede 4G em cidades com menos de 30 mil habitantes. Municípios como Tefé, Nhamundá e Itamarati e outros poderão ser beneficiados



fdfd_6A3DA0A5-C01F-46DD-B728-27FA55AC0104.jpeg Foto: Divulgação
24/07/2019 às 14:43

A TIM S.A., subsidiária da TIM Participações, e a Telefônica Brasil, detentora da marca Vivo, assinaram nesta segunda-feira (22) um memorando de entendimento para iniciar discussões sobre compartilhamento de infraestrutura de rede, conforme comunicados ao mercado de ambas as companhias. Municípios do Amazonas com menos de 30 mil habitantes poderão ser beneficiados.

O memorando prevê estabelecimento de novos acordos de compartilhamento de infraestrutura de rede 4G na faixa de 700Mhz, direcionados a cidades com menos de 30 mil habitantes, o que poderá ser, posteriormente, expandido a cidades maiores.

As discussões também abrangem o compartilhamento de rede 2G no modelo ‘single grid’ e outras oportunidades de compartilhamento de rede em outras frequências e tecnologias, bem como outras oportunidades de eficiência e redução de custos em operação e manutenção de redes.

“As companhias destacam os benefícios que podem resultar dessas discussões em relação à melhoria na qualidade de serviço para clientes de ambas as operadoras, bem como a eficiência na alocação de investimentos e nos custos operacionais”, afirmaram nos respectivos comunicados.

A TIM e a Vivo também ressaltaram que o memorando não cria uma joint venture ou qualquer parceria comercial ou relação formal de negócios, bem como não cria ou implica qualquer relacionamento exclusivo entre as partes.

Interior do Amazonas

A decisão das empresas de telefonia de compartilhar a estrutura de rede 4G, pode beneficiar cidades no interior do Amazonas como, Tefé, Nhamundá  Itamarati e outras, por se enquadrarem nas determinações do memorando asssinado, os municípios do AM com até 30 mil habitantes sofrem com a escassez de sinal telefônico, muito por conta da falta de infraestrutura capaz de resistir aos desafios da geografia na Amazônia. "Talvez melhore pra gente, né", diz Cristina Paiva, morada de Tefé e que 'cansou' de acumular reclamações sobre a falta de sinal da operadora TIM, no município. "Se acontencer uma melhora no sinal, espero que aconteça, eu vou poder me comunicar melhor com meus parentes em Manaus", diz.

* Com informações da agência Reuters

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.