Sábado, 29 de Fevereiro de 2020
IRANDUBA

Trabalhadores de Iranduba paralisam atividades e participam de greve geral

Servidores municipais e professores percorreram as ruas da cidade. À tarde, eles prometem participar dos protestos em Manaus



b362d0b3-76ab-4d8a-a0ef-2434a8028d94.jpg Foto: Divulgação
28/04/2017 às 12:58

Trabalhadores paralisaram atividades na manhã desta sexta-feira (28) no município de Iranduba, a 27 quilômetros de Manaus, durante a greve geral ocorrida em todo o País contra as reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo Temer.

Servidores municipais e professores estaduais e municipais participaram do ato, que iniciou por volta das 8h30 no Planetário Show Clube, no bairro Cidade Nova, e seguiu pelas principais vias da cidade, como avenida Amazonas, rua Juruá, avenida Rio Madeira, até a Praça dos Três Poderes.



Eles carregavam cartazes e faixas com dizeres contrários às reformas. “A gente parou agora para o almoço, mas mais tarde vamos nos encaminhar para Manaus para participar da paralisação lá”, disse a professora Marcília Pizano, delegada sindicial do Sindicato dos Servidores Públicos de Iranduba.

A manifestação dispersou por volta das 11h e encerrou na Praça dos Três Poderes, no Centro de Iranduba. Acompanharam o ato dos manifestantes a Polícia Militar do Amazonas e agentes de trânsito do Instituto Municipal de Trânsito de Iranduba (IMTI).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.