Publicidade
Cotidiano
‘DINHEIRO EXTRA’

Trabalhadores do AM já sacaram 91% de todo volume de contas inativas do FGTS

Até agora, mais de R$ 140 milhões foram retirados por 120 mil pessoas nas duas primeiras fases de saques. Terceira rodada começou ontem 13/05/2017 às 05:00
Show 1068820 1   ebc abr 10.03.2017 4658
Foto: Agência Brasil
Vinicius Leal Manaus (AM)

Os trabalhadores do Amazonas não contaram conversa e já sacaram cerca de 91% de todo o volume de dinheiro disponível nas contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Até agora, mais de R$ 140 milhões foram retirados por 120 mil pessoas nas duas primeiras fases de saques. Ontem, começou a terceira rodada de saques para quem nasceu em junho, julho e agosto.

“A média de saques varia de acordo com cada região do País, mas no Amazonas cerca de 91% de todo o volume disponível já foi sacado nas duas primeiras fases, saques que estão dentro da média nacional”, explicou o diretor de operações de varejo da Caixa Econômica Federal, Humberto Magalhães, em visita a Manaus para acompanhar as operações. “Até agora já foram sacados mais de R$ 140 milhões por cerca de 120 mil trabalhadores, só no Amazonas”, disse.

Segundo ele, nesta terceira fase R$ 88 milhões estão disponíveis em contas de 85 mil trabalhadores. “Essa fase (terceira) representa 25% de todo o montante de trabalhadores. A primeira e a segunda fases representam 65%. Ainda faltam mais duas fases, para aqueles que nasceram em setembro, outubro e novembro, que será em junho, e para aqueles que nasceram em dezembro, que será em julho”, disse Magalhães. Quem perdeu o prazo conforme o calendário de nascimentos pode realizar o saque até o último dia, 31 de julho.

Contas de FGTS vazias?

Fato recorrente no resto do Brasil, as contas inativas “vazias” do FGTS, quando a empresa deixa de depositar o dinheiro descontado do fundo para as contas do trabalhador na Caixa Econômica, não tem sido comum no Amazonas. Segundo o diretor de operações Humberto Magalhães, as empresas do Estado têm cumprido suas responsabilidades perante as leis trabalhistas.

“Não é comum. Isso ocorre esporadicamente e o trabalhador deve se dirigir à empresa para reivindicar o valor devido. Caso não haja sucesso nessa conversa, ele pode procurar e reclamar junto à Superintendência Regional do Trabalho, que é o órgão responsável pelas fiscalizações dos depósitos no FGTS. Ele vai comprovar o seu contrato e o período de trabalho, e reivindicar o seu direito”, disse Magalhães.

Evitar dor de cabeça

Para evitar o susto em descobrir as contas inativas de FGTS vazias na hora de realizar o saque, o trabalhador pode consultar o seu saldo junto à Caixa Econômica através dos canais de atendimento ao cliente, como pela internet, pelo site www.caixa.gov.br/contasinativas, ou por meio do telefone 0800-726-2017.

“Ali ele pode consultar o valor, se ele tem dinheiro ao valor de alguma conta inativa, inclusive a data de início do pagamento”, disse o diretor de operações Humberto Magalhães.

Recomendável?

A liberação das contas inativas do FGTS começou em março deste ano, após o governo federal publicar, ano passado, a medida provisória 763/2016 que permitia o saque aos trabalhadores que tiveram contrato reincidido por pedido de demissão ou por demissão por justa até 31 de dezembro de 2015.

“É uma oportunidade para os trabalhadores que necessitam de um recurso extra para fazer aquisição de algum bem ou eventualmente botar as contas em dia, fazer alguma viagem, ou até mesmo fazer uma aplicação financeira, um depósito em poupança, porque o rendimento desse recurso vai ser superior à conta do FGTS”, afirmou o diretor Humberto Magalhães. Se ele mantiver na conta, ele não perde esse dinheiro. Ele vai poder sacar nas situações normais como aposentadoria, compras de imóvel ou alguma doença grave”.

Procedimentos

Os saques até R$ 1.500 podem ser feitos apenas com a senha do Cartão Cidadão nos terminais de atendimento. Até R$ 3 mil podem ser sacados em qualquer canal lotérico, correspondentes Caixa Aqui ou terminais de auto-atendimento utilizando o Cartão Cidadão e a senha. Para valores acima de R$ 3 mil somente nas agências.

“O trabalhador pode ter mais de uma conta inativa. Em cada conta ele deve sacar o total, mas ele não precisa sacar de todas as contas. Fica a seu critério. Porém, se não sacar até o dia 31 de julho, esse recurso volta para o regime normal do FGTS”, completou o diretor de operações de Varejo Humberto Magalhães.

Atendimento

A Caixa Econômica tem adotado uma estratégia especial de atendimento para quem vai sacar o FGTS inativo. As agências abrem com uma hora de antecedência durante três dias no mês, ontem e na próxima segunda e terça-feira, às 8h, e também funcionam excepcionalmente em um sábado do mês, no caso hoje, das 9h às 15h. No Amazonas, 21 agências estão prestando o atendimento.

Publicidade
Publicidade