Publicidade
Cotidiano
TRATAMENTO

Tratamento acaba de vez com o problema da calvície e traz resultados surpreendentes

Só no Brasil, são mais de 42 milhões de homens com o problema, a estimativa é de que a alopecia androgenética atinja 20 a 30% deles entre os 20 e os 30 anos de idade 28/04/2016 às 15:59
Show  ndice
A técnica de implante capilar ultramoderna consiste na utilização de um robô, o Artas, para o procedimento (Divulgação)
acritica.com

A capital amazonense é uma das únicas cidades na América Latina que possui tecnologia inovadora que auxilia no fim da calvície. Só no Brasil, são mais de 42 milhões de homens com o problema, a estimativa é de que a alopecia androgenética atinja 20 a 30% deles entre os 20 e os 30 anos de idade, segundo dados da Sociedade Brasileira para Estudo do Cabelo (SBEC).

O uso de shampoos, medicamentos e tratamentos cirúrgicos “milagrosos” são constantes por pessoas atingidas pela calvície e nem sempre trazem o tão esperado resultado. Mas uma tecnologia criada nos Estados Unidos chegou a Manaus, no Centro Robótico de Transplante e Tratamento Capilar (CRTTC), dos médicos dermatologistas Monataha Jesserand, Julio Nakano e do cirurgião plástico Israel Oliveira, com o objetivo de dar fim ao problema que assola a maior parte dos homens.  

A técnica de implante capilar ultramoderna consiste na utilização de um robô, o Artas, para o procedimento. Médicos e robô trabalham juntos e já comprovaram que o método agiliza o tratamento, aumenta a eficácia e eficiência do transplante e é minimamente invasivo e sem cicatrizes lineares.

Para se ter uma ideia, com o Artas a vantagens são aparentes. O cirurgião plástico Israel Oliveira, associado ao CRTTC, conta que o Artas surgiu para aliar a economia de tempo à funcionalidade com resultados positivos.

“O tratamento dura, em média, até seis horas, uma economia de tempo de 40% - comparado a outras técnicas disponíveis no mercado. O robô coleta cerca de mil unidades foliculares por hora com uma taxa de aproveitamento de até 97% – um humano muito bem treinado consegue coletar de 250 a 300 unidades no mesmo tempo”, ressalta. 

 “Hoje o paciente tem a comodidade de fazer um tratamento de qualidade na própria cidade. Antes a pessoa que optava pela tecnologia, tinha que fazer grandes viagens, o que requer tempo e maior investimento”, destaca o também sócio do CRTTC, o médico dermatologista Julio Nakano. 

O procedimento

Primeiro, o paciente passa por exames clínicos que descobrem a causa da alopecia. Sendo androgenética e o paciente tendo área capilar doadora suficiente, é indicado o transplante capilar.

É aplicada apenas uma anestesia local no paciente, que fica consciente durante todo o procedimento. Por sua vez, o Artas inicia a retirada de folículos capilares da área doadora disponível (área lateral e posterior do couro cabeludo).

Em média, são retirados mil folículos por hora. Cada folículo pode ter de um a três fios de cabelo, que após a coleta são analisados e separados por categorias de quantidade de fios e após isso serão implantados um a um, no couro cabeludo do paciente, sempre respeitando a linha natural do cabelo.  

Após o procedimento, o paciente sai caminhando da clínica e precisa de poucos dias para a recuperação total. Em 15 dias, onde antes havia a ausência de cabelos, nascem cabelos com a aparência esteticamente natural.

 “O paciente tratado sempre terá acompanhamento do seu tratamento capilar, porque vamos cuidar dos outros fios de cabelo, mantendo a uniformidade, evitando quedas e outros problemas para ele”, explica a médica dermatologista Montaha Jasserand.

Vida nova

A dificuldade de se olhar no espelho e ver os cabelos sumindo fizeram que o presidente do Ministério Internacional da Restauração Zona Norte (MIR), Gean Muniz, 45, procurasse diversos tratamentos para implante capilar mesmo sem saber se teria solução. E foi o que aconteceu, Gean fez tratamentos dolorosos, que acarretaram em cicatrizes e em resultado insatisfatório.

“A calvície começou a dar os primeiros sinais nos meus 22 anos de idade, algo que começou que veio afetando gradativamente a minha autoestima. Fiz inúmeros tratamentos e nunca tive resultado. Já estava frustrado. Foi aí que a minha dermatologista me falou sobre o Artas e suas vantagens”, conta.

Gean foi um dos primeiros pacientes de Manaus a fazer o procedimento de implante capilar na clínica CRTTC com o robô. “O Artas me trouxe o sorriso e os cabelos de volta. Além da comodidade e resultado que só ele conseguiu trazer para mim, hoje me sinto mais jovem e com a autoestima renovada”, frisou.

A certeza de um tratamento com resultado garantido vem trazendo cada vez mais interessados pelo procedimento, inclusive mulheres que sofrem de calvície. O Artas auxilia também no implante de folículos na região das sobrancelhas, barba e peito.

Serviço

O quê: Transplante capilar com o robô Artas

Onde: Clínica CRTTC (Edifício Celebration Smart Offices - Rua Rio Içá, 310/90 - 2 – Vieiralves)

Informações: Tel: (92) 3659-3765 / (92) 3659-3765/ 3713 e no site: www.artasmanaus.com.br

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade