Publicidade
Cotidiano
Notícias

TRE prorroga até março o prazo para eleitores de Manaus fazerem o recadastramento biométrico

O prazo terminaria no dia 26 de fevereiro, mas eleitor vai ter mais um mês para fazer a biometria. A nova data final ainda não foi confirmada 30/01/2016 às 10:17
Show 1
Problemas eram esperados com a biometria, diz Luciana Nasser
ACRITICA.COM ---

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) prorrogou até o mês de março o prazo para o eleitor em Manaus fazer o recadastramento biométrico eleitoral. O prazo terminaria no dia 26 de fevereiro. A nova data final da biometria ainda não foi confirmada.

Até ontem, 28 de fevereiro, o TRE conseguiu alcançar a marca de 900 mil eleitores que fizeram a biometria. No dia 12 de janeiro, o Tribunal já havia recadastrado 800 mil eleitores e, pouco mais de um mês após o anúncio, outros 100 mil já passaram pelos postos de atendimento.

Hoje, eleitores de Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Novo Airão, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva, incluindo Manacapuru – o segundo maior colégio eleitoral do Amazonas –, já estão aptos a votar fazendo uso da biometria. Em outubro deste ano, os cidadãos de Manaus, Autazes e Careiro também poderão exercer o direito de eleitor de maneira ainda mais segura.

O recadastramento biométrico é obrigatório para todos os eleitores de Manaus. Para participar do processo, é indispensável que o eleitor faça o agendamento pelo site do TRE-AM (www.tre-am.jus.br), para o dia e hora que lhe forem mais cômodos. O agendamento inicia sempre às quintas-feiras, a partir das 8h, para o período de segunda a sexta-feira da semana seguinte, permanecendo aberto até o total preenchimento das vagas disponíveis.

As consequências para os que não fizerem o recadastramento serão, entre elas, o cancelamento do título eleitoral, com subsequente impossibilidade de votar nas eleições municipais deste ano. Além disso, quem não votar, nem justificar a ausência vai ficar sem quitação eleitoral e impedido de obter empréstimos, de tirar passaporte ou identidade, de tomar posse em cargo público, bem como de realizar matrícula em estabelecimento de ensino fiscalizado pelo governo.

Publicidade
Publicidade