Publicidade
Cotidiano
POR ABUSO

Tribunal Eleitoral do Pará cassa mandato do governador Simão Jatene

O Ministério Público Eleitoral acusa o governador de irregularidades em programas de habitação durante as eleições de 2014, como a entrega de cheque-moradia a eleitores 30/03/2017 às 17:25
Show par
(Foto: Agência Brasil)
Renata Martins - Rádio Nacional da Amazônia Brasília

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (PRE-PA) cassou o mandato do governador do estado, Simão Jatene (PSDB), e do vice, Zequinha Marinho (PSC).

Por 4 votos a 2, a Corte condenou o governador por abuso de poder econômico.

O Ministério Público Eleitoral acusa o governador de irregularidades em programas de habitação durante as eleições de 2014, como a entrega de cheque-moradia a eleitores que prometeram voto a Jatene e Zequinha. A chapa também é acusada de uso indevido de meios de comunicação.

Como ainda cabe recurso, a perda de mandato não é imediata. O afastamento só ocorre se o Tribunal Superior Eleitoral mantiver a decisão de cassar o governador.

Simão Jatene está no terceiro mandato como chefe do Executivo estadual. O governador ainda não se pronunciou sobre a decisão do TRE.

Publicidade
Publicidade