Publicidade
Cotidiano
MOBILIZAÇÃO

TRT realiza ato público contra reforma trabalhista nesta sexta-feira (31)

Mobilização será na entrada do Fórum Trabalhista de Manaus, no Centro. Evento faz parte de programação nacional em defesa da Justiça do Trabalho, que ocorrerá em vários estados do País 28/03/2017 às 09:23
Show f rum trabalhista de manaus
Mobilização será na entrada do Fórum Trabalhista de Manaus, no Centro (Foto: Divulgação)
acrítica.com Manaus (AM)

O Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região AM/RR (TRT11) realizará, no dia 31 de março, sexta-feira, às 10h, um ato público contra a proposta de reforma trabalhista e em defesa da Justiça do Trabalho. A mobilização será na entrada do Fórum Trabalhista de Manaus, no Centro, e reunirá juízes, advogados, procuradores, servidores do judiciário e entidades da sociedade civil. O ato conta com o apoio da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 11ª Região (Amatra11) e faz parte de uma mobilização programação nacional em defesa da Justiça do Trabalho, que ocorrerá na mesma data em vários estados do País.

A ideia é chamar atenção da população para os serviços prestados pela Justiça do Trabalho à sociedade, atuando na pacificação de greves e no equilíbrio na relação entre capital e trabalho, visando à efetividade dos direitos sociais em sintonia com a necessária preservação da atividade econômica. Além disso, o ato pretende alertar para a constante ameaça de fragilização da Justiça do Trabalho e dos direitos sociais, por meio da chamada Reforma Trabalhista, cujo projeto de lei tramita na Câmara Federal desde dezembro.

Os atos públicos também marcarão o lançamento de uma campanha nacional idealizada pelo Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), que tem como objetivo mostrar que os direitos de patrões e empregados só estarão garantidos com uma Justiça do Trabalho forte e atuante.

Com o lema "Justiça, nosso trabalho", a campanha será veiculada nas redes sociais enfatizando a importância da Justiça do Trabalho e dos demais órgãos que atuam na aplicação da legislação trabalhista.

"Nosso objetivo é divulgar a importância da missão da Justiça do Trabalho que é equilibrar as relações entre o capital e o trabalho, garantir a segurança jurídica e a correta aplicação do Direito, de forma digna e decente, já que os trabalhadores que recorrem à Justiça do Trabalho, em sua maioria, buscam receber direitos básicos, como verbas rescisórias de caráter alimentar", ressaltou a presidente do TRT11, desembargadora Eleonora Saunier.

Publicidade
Publicidade